Uncategorized

Pavibrás

A sindicância interna da Sanepar para apurar o caso Pavibrás tem até o dia 31 de setembro para apresentar resultados. Na presidência dos trabalhos está Celso Bertoli de Araújo. Dessa vez quem furou o cerco não foi Rogério Distefano, sempre bem informado, mas sim a jornalista Luciana Pombo.

2 Comentários

  1. Lindomar Rodrigues Responder

    Aliás, que jornalistinha essa Luciana Pombo. Tem trazido furos diários no seu blog. Sou leitor de quase todos, inclusive do seu e tenho que parabenizar vocês. Se não fossem os blogs -que realmente fazem notícia -o que seria de nós?

  2. Esse caso da Pivibrás já tinha que estar na barra do Judiciário. Sindicâncias internas nada resultarão. Quem sabe agora atacado pelo Pinochaves, o Ministério Público, para preservar-se das aposentadorias denunciadas, descubra que existe inquérito civil, ação civil pública, improbidade administrativa, etc. Ou será que o povo do Paraná vai, a final, pagar os aditivos ilícitos ? Ou será que se o Pinochaves não mexer no orçamento do Ministério Público tudo fica como d’antes ?

Comente