Uncategorized

Infidelidade

Hoje, quando o STF decide se o mandato é do partido ou do político, alguns refletem aqui na capital. Quem é a favor do mandato ser do partido, diz: “Fidelidade terá gosto amargo aos infiéis. O importante é que fica essa lição de fidelidade partidária. Acabou o troca-troca partidário. Ser eleito pela legenda significa ter compromisso com a legenda”. Quem não é favor da fidelidade partidária, rebate: “Se não sou fiel a minha mulher, por que manteria fidelidade com o partido?”.

1 Comentário

Comente