Uncategorized

Os preços dispararam

A jornalista Denisse Mello levou um susto. Foi ao supermercado e percebeu que os preços dispararam. Diz ela que o preço da cesta básica de Curitiba subiu 5,63%, em janeiro deste ano — a sétima maior variação e também a sétima mais cara do País. Foram necessários R$ 197,77 para a alimentação básica de um trabalhador e R$ 593,31 para uma família curitibana (um casal e dois filhos). O tomate subiu 42,86%, a banana, 32,97%, e o feijão 25,04% foram os itens que mais subiram no mês.

Comente