Uncategorized

Sanepar investiga quem vazou informações

Nos bastidores da Sanepar há uma preocupação: quem vazou as informações sobre as desapropriações de Piraquara? Os xiitas do aprisco de Requião acusam os sunitas e vice versa.

O certo é que os desapropriados estavam muito felizes com a transação. A felicidade alcançou a moçada que aprovou o negócio em reunião do Conselho.

Quanto à imprensa, que divulgou a absurda elevação de valores entre uma avaliação e outra, continua sendo chamada de canalha e de outros adjetivos mais apropriados a conversas de estábulo.

5 Comentários

  1. Está é na hora da Sanepar ser investigada profundamente pelas autoridades ditas de controle público: Ministério Público, Assembléia e/ou Tribunal de Contas. Onde estão ditas autoridades que não se apresentam para investigar e dar resposta ao povo que lhes paga régios salários e confere prerrogativas para tal mister ? Se não bastasse a ampla divulgação da mídia a respeito do caso da Pavibrás, da multa ambiental destinada a compra de uma área de preservação ambiental (até hoje não esclarecidos), este caso das desapropriações demonstra que a entidade, ao que parece, está nas mãos de gestores temerários e improbos e não é possível que isto não preocupe minimamente ditas autoridades de controle público !

  2. Olisandro Ferrreira Responder

    Fábio dá nomes aos bois. Foi o Germinal Pocá. Ontem ele estava tão feliz que até comprou cigarros. Vive filando de todo o mundo. E tem mais ele disse que agora o Requião manda o Stenio pastar e ele é que vai assumir.

  3. QUEM PAGARIA A CONTA Responder

    Seria bom o conselho tomar algumas providencias para que nao tome decisões infundadas. Pois as “decisões” tomadas por eles já oneram o patrimonio público.

    Porém a que se esclarecer ainda a compra, para depois analisar o super-reajuste, aplicado nas obras do Litoral e não é a PAVIBRAS!!!

    A seguir cenas dos proximos discipulos!!!

  4. Fernando Messias Responder

    Quem denunciou? O maior fabricante de ejetores do sul do mundo. Aquele que não demite. Adora ejetar. Afinal quem denunciou os aditivos e ejetou o Caron? Quem denunciou a turma da Ceasa e ejetou? Quem fez as denuncias da Imprensa Oficial e ejetou? Quem deixou o Botto e o Alpendre fuzilar o Delazari? Quem contou para o mundo ouvir o caso da Transresiduos, da Cequinel, da CG/Hospital Ponta Grossa, dos cargos de comissão nas Universidades, das empresas de planejamento urbano na Sedu e Comec, do Iap de Ponta Grossa, das diarias frias do Padre Roque, do software roleta da Cohapar, da Pavibras/Vanhoni? Enfim quem é o maior especilista em ejetar? É o dono da fabrica de ejetores? Quem é ele? Dica: não é diretor na Embraer e nem da Nasa…

Comente