Uncategorized

Tiro pela culatra

Irritado com a intromissão de Requião na política interna de seu país e com as críticas feitas pelo governador ao presidente Nicanor Duarte Frutos, o senador paraguaio Bader Rachid Lichi deu o troco com pesadas acusações. O mínimo que disse é que Requião protege delinquentes e negócios excusos. Além disso, afirmou que não compete ao governador falar sobre temas que dizem respeito ao Paraguai.

A visita de Requião ao consulado brasileiro na Cidade do Leste teria sido manobra de marketing arquitetada por Airton Pisseti. A manobra pode ter sido desastrosa. Na edição de quinta-feira, o Diário Vanguardia, publica que o governador chamou o presidente paraguaio de “demente”, e que ele deveria parar de “falar besteiras”. O suficiente para ferir os brios patrióticos dos paraguaios.

1 Comentário

  1. Não entendo como um veículo de comunicação pode dar credibilidade as declarações do presidente do Paraguai, confirmadamente corrupto.

Comente