Uncategorized

Pobres mulheres

A Agência de Notícias comemora o Dia da Mulher com a publicação de matéria que enaltece o aumento da mão-de-obra feminina no mercado de trabalho. Destaca que as mulheres agora são maioria entre os ocupantes de cargos de nível superior do setor produtivo em todo o Paraná.

Esqueceu de dizer que o aumento da contratação de mulheres se dá pela substituição de homens que recebiam salários muito superiores. As mulheres continuam a receber menos do que os homens e por isso passaram a ser contratadas.

3 Comentários

  1. Elas dominarão logo o mercado de trabalho porque são pragmaticas, não se acanham nem se submetem à mediocridade dos homens. É só aparência de que estão em desvantagem. Por que não começaram antes ? Se tem uma coisa que não perceberam é que tem tudo para mudar este mundo insano. Viva elas no seu dia e sempre !

  2. Fábio campana,
    Peço, se possível for fazê-lo, coloque um “RSS”, afim de que possamos[seus leitores e ouvintes]agregar, assim que você atualiza o blog.
    Em tempo: Ouço-o na Band news, diariamente [literalmente] e tem sido material referencial para meu entendimento de política paranaense.Vcs já discutram na rádio um artigo meu que chegou a Denise, e gostei dos vossos comentários. – A Revolução dos bichos.
    Jeser Batista.
    Catarina, Vascíno, há 2,5 anos em Curitba.
    Acadêmico de Ciência Política.

  3. Henrique Machado Responder

    Isto é verdade. Este pessoal se tivesse um pouquinho de vontade poderia ler as publicações do Ipardes e ver que o setor produtivo ja veem demitindo homens e contratando mulheres por salarios as vezes 70% menor na mesma função. Não é por acaso que as mulheres são maioria nas funções de ensino superior completo e incompleto no Paraná. O que adianta o Ipardes investir em pesquisa e estudos e ninguem ler. Nem os próprios jornalistas do governo. É a velha escola do release. Recebe meio pronto, da uma floreada, e publica. Não é por acaso que o senador Cristovam Buarque luta para melhorar o ensino basico neste país. A coisa esta feia.

Comente