Uncategorized

CUT recebe filiação de descontentes da UGT

O racha na central sindical UGT desde que Paulo Rossi, assessor de Beto Richa, derrotou a turma do PMDB, é enorme. A tigrada do PMDB encabeçada por Vicente Silva, Gladyr Basso e Carlos Zimmer, das Federações do Comércio e dos Bancários, não compareceu ao Congresso de fundação em Londrina e começa a tomar outro rumo.

O sindicato dos bancários de Ponta Grossa se desfiliou da UGT e se filiou a CUT. Outras centrais sindicais, como a Força Sindical, CTB, CGTB e Nova Central também abriram as portas para os sindicatos que saíram derrotados. Tem gente dando um tempo para valorizar o passe.

É bom lembrar que agora, com as centrais legalizadas, quanto mais sindicato a central filia, mais dinheiro leva. Portanto, cada filiação vale ouro. Literalmente.

6 Comentários

  1. Adirson Cruzeta Responder

    Na nota anterior sobre o Congresso da UGT o presidente eleito disse: Prezado Fábio e leitores,
    Não houve disputa ou briga alguma. Foi apresentada apenas uma chapa, a qual tive a honra de ser o presidente, tendo como vice o companheiro Marcelo Urbaneja do Sindicato dos Servidores de Londrina. Sendo assim, esclareço que não existe disputa alguma entre “a turma do Beto e a turma do Requião”, até porquê o companheiro Gladir apoio a eleição do Beto em Curitiba em 2004.
    Ué! Houve ou não houve disputa interna. Porque o sindicato dos bancarios esta indo para a CUT então??

  2. Vamos ver como vai ficar esta UGT de meia duzia de sindicatos filiados, que proposta trazem, para o movimento sindical de nosso estado, mas alguma coisa ja está mudando pois o Rossi durante a sua fala no congresso até elogiou o Governo Lula.

    É antigamente só tinha a CUT e a CGT, e a pelegada só procurava as centrais para pedir socorro quando tinha oposição do tempo da CUT combativa, agora esta tudo igual, ja tem 17 ameaças de Central Sindical e seis que estão atuando com mais cara de central mesmo, e outras foram fundadas somente para garantir o imposto Sindical se não elas morrem junto com as Confederações.
    Vocês sabiam que o Presidente da CNTC tem mais tempo no Cargo que o Fidel? temos que rir para não chorar!

  3. Paulo Souza Guima Responder

    Se o Gladir Basso fosse presidente da UGT não aconteceria isto, não é?
    Bem quem ganhou então foi a FETEC dos bancários da CUT, né?
    Portanto, beleza pura, tudo ficou igual. Sai um entre dois.
    Quem tem cão, caça, quem não tem, terceiriza.

  4. Dia dos carecas! Responder

    Hoje como é o dia dos carecas o fato me leva a uma “reflexão capilar” sobre a UGT, pois caso ela tenha tantos sindicatos como a cabeça do Paulo Rossi possui cabelos ela não passará de coisa similar a uma grande calvície.

  5. Esclarecimento: O Sindicato dos Bancários de Ponta Grossa nunca foi filiado a Central Sindical UGT, ou a mesmo a denominação anterior CGT, bem como não existe até o momento, nenhum registro de filiação a outras Centrais, fato que que pode ser comprovado pelo nosso registro cadastral no Ministério do Trabalho.

Comente