Uncategorized

Constrangedor

Virou rotina. Em qualquer oportunidade, Requião desanca a imprensa que chama de canalha e outros impropérios preparados pelo Chalaça da corte nativa.

É a única maneira imaginada pela turma palaciana para justificar a popularidade em queda livre. Em Foz do Iguaçu não deu outra. Hoje, ao lado do presidente Lula, em vez de falar do Alcoolduto ou do programa que beneficia os pescadores, Requião falou mal da imprensa, criando grave constrangimento para o presidente.

Lula não teve saída. Tratou do assunto e deu conselho ao governador: “Não seja tão brabo, Requião. Respeite a inteligência do povo, que tem opinião e sabe julgar o que noticia a imprensa. Falo de experiência própria. E a gente não nasceu para acordar nervoso”.

1 Comentário

Comente