Uncategorized

Disque Quércia

2812.jpg

Cabe a pergunta: mudou Quércia ou mudou Requião? Ora, pois, uma coisa sabemos que mudou. Quércia passou de vilão a herói e parceiro na cabeça de Requião.

Para refrescar a memória: em 1991, Roberto Requião era governador de primeiro mandato e procurava representar, dentro do PMDB, a postura ética, o discurso moralista, o combate às maracutaias cometidas com o dinheiro público.

Naquela época e na cabeça de Requião, o oposto de tudo isso era Orestes Quércia, ex-governador de São Paulo que vivia imerso em denúncias de corrupção.

Os dois, Requião e Quércia, tinham o mesmo sonho. Empalmar o PMDB para usá-lo na conquista da presidência da República. Requião criou o Disque Quércia. Ofereceu um número de telefone pelo qual todos os brasileiros poderiam fazer denúncias contra o seu adversário de ocasião. Quércia chiou. Deu o troco. Passou anos de maus bofes com Requião.

Hoje, Requião continua querendo ser presidente. Quércia desistiu. Passou a apoiar Roberto Requião. Nada disso tem a ver ou tem tudo a ver com o resultado do leilão de publicidade legal feito pelo governo de Requião e vencido por Orestes Quércia.

Pois, pois, diz o resultado do edital que a empresa paulista Panorama Diário Comercial e Publicidade Ltda., que edita o jornal Diário Comércio e Indústria (DCI), de São Paulo, venceu pregão eletrônico realizado ontem, na quinta-feira santa, para veicular a publicidade legal nacional do Governo do Paraná.

A empresa Panorama ofereceu R$ 58 por centímetro de coluna, 27,5% abaixo do preço máximo estabelecido pelo edital, anuncia com alegria o secretário de Comunicação e orientador do paraguaio Fernando Lugo, Aírton Pisseti.

A empresa Panorama e jornal DCI são de propriedade de Orestes Quércia, para quem Requião agora pede, com freqüência, “disque para o Quércia”.

4 Comentários

  1. Perguntar não ofende: quem vai fiscalizar (medir ?) os gastos “disque Quercia” de 58 reais por centimetro de coluna para publicidade legal nacional do governo ?

  2. Dois Sem Vergonhas Responder

    Nos Somos Dois Sem Vergonhas
    Lindomar Castilho

    Composição: Lindomar castilho e ronaldo adriano

    Nós somos dois sem vergonhas em matéria de amar
    Eu te amo e tu me amas mas brigamos sem parar
    Nós somos dois sem vergonhas não podemos ocultar
    Você porque vai e volta e eu por lhe deixar ficar

    Todo dia a gente briga por ciúme ou por intriga
    Sempre temos que brigar
    Você diz que vai embora e eu com raiva nessa hora
    Não lhe peço pra ficar
    É problema de quem gosta quendo você vira costas
    A tristeza me acompanha
    E mesmo um caso sem jeito você vai,volta, e eu aceito
    Isso é uma pouca vergonha

    Nós somos dois sem vergonhas em matéria de amar
    Eu te amo e tu me amas mas brigamos sem parar
    Nós somos dois sem vergonhas não podemos ocultar
    Você porque vai e volta e eu por lhe deixar ficar

    Já não sei mais o que faço horas e horas eu passo
    Consultando o coração
    Pra sumir da sua vida e não acho uma saída
    Não encontro solução
    Ter um lar com muita paz com carinho e tudo mais
    É o que minh’alma sonha
    Não quero viver brigando com você, indo e voltando
    Isso é uma pouca vergonha

    Nós somos dois sem vergonhas em matéria de amar
    Eu te amo e tu me amas mas brigamos sem parar
    Nós somos dois sem vergonhas não podemos ocultar
    Você porque vai e volta e eu por lhe deixar ficar

    Nós somos dois sem vergonhas em matéria de amar
    Eu te amo e tu me amas mas brigamos sem parar
    Nós somos dois sem vergonhas não podemos ocultar
    Você porque vai e volta e eu por lhe deixar ficar

  3. Voces desconhecem uma coisa que se chama fidelidade partidária…
    Quercia é um velho guerreiro do PMDB.
    Requião tambem.
    Dentro do PMDB nacional eles são as duas figuaras mais conhecidas e mais ilustres.
    Ter o apoio de Quercia é o mesmo que ter o apoio do PMDB nacional.
    E o que voces queriam ? Que o Requião dissesse:
    “Não! Não quero seu apoio Quercia!”
    (mesmo Quercia sendo do PMDB)?
    Aí voces já estão sonhando demais,né?
    Ou achando que o Gov é otário…

Comente