Uncategorized

Desaprovação de contas no TC cai para 31%

O índice de desaprovação de contas municipais pelo Tribunal de Contas caiu de 43% para 31% do total entre os exercícios de 2004 e 2005. A conclusão é de um levantamento realizado pela Diretoria de Contas Municipais. A análise das contas do exercício de 2006 ainda não está concluída.

O presidente do TCE, conselheiro Nestor Baptista, atribui a evolução positiva aos investimentos em qualificação realizados pela Corte nos últimos anos. “Quando cheguei ao Tribunal, há 19 anos, praticamente a totalidade das contas retornavam aos municípios, devido a erros e irregularidades.”

Somente nos anos de 2006 e 2007, o TCE treinou cerca de 20 mil servidores públicos, principalmente municipais. Na avaliação do presidente, a recente criação da Escola de Gestão Pública (EGP) contribuirá para acelerar o ritmo de queda dos índices de desaprovações de contas.

2 Comentários

  1. Hoje assisti na TV a sessão do Tribunal de Contas do PR fiquei preocupada com a fala de um conselheiro que disse “esta lei não pegou” . E as contas vão sendo aprovadas com reservas, no entanto, são aprovadas. Também, se olharmos quem são os conselheiros percebemos que na grande maioria ocuparam recentemente cargos públicos e estão se protegendo no cargo. Até quando vamos conviver com esta hipocrisia?

  2. êpa, êpa, êpa, isso aí é plágio, o Jorge Cirino sou eu, não venham tentar roubar meu sucesso, eu sou o único, funcionário público, remunerado, bom escalão do governo do estado, essa aí de cima é genérica ou melhor, transgênica !!!

Comente