Uncategorized

Alvaro Dias acusa o Palácio do Planalto

alvaro15.jpg

O senador Alvaro Dias insinuou que recebeu de um funcionário do terceiro andar do Palácio do Planalto, onde se localiza o gabinete do presidente Lula, o dossiê dos gastos secretos do ex-presidente FHC e de sua mulher Ruth.

Dias garante que o dossiê circulava no Congresso antes da criação da CPI dos Cartões Corporativos. Assim explica que não saiu de suas mãos a informação que escandalizou o Congresso.

Alvaro não admite ser a fonte dos veículos que publicaram o documento e lembrou que a imprensa já revelara em 9 de fevereiro a existência do levantamento dos gastos do ex-presidente.

2 Comentários

  1. Todo apoio ao Senador Alvaro Dias.
    Veio abaixo toda a encenação palaciana em torno dos cartões corporativos.
    Lula não sabe de nada mas dá desculpa para tudo, já repararam nisso ?
    O que há de tão “sigiloso” nos gastos dos cartões corporativos ? Será que o dono do dinheiro – o povo brasileiro – não tem direito de saber o que fazem com ele os aloprados do governo ? Querem que o dinheirinho suado do povo brasileiro seja o novo “recurso financeiro não contabilizado” dos mensaleiros e sanguessugas ?
    Ministério Público Federal ! Abre já procedimento para apuração dessa alopração ! O enquadramento dos mensaleiros não fez efeito. Não tomaram vergonha. É preciso repetir a dose ou quem vai passar por otário mais uma vez é o povo: enganado quando paga, quando eles gastam e quando eles inventam encenações para não prestar contas e se explicar.

  2. Felipe Deisermann Responder

    Desejo alertar ao senhor Fábio que houve um erro na foto veiculada nesta matéria, pois ela é do saudoso Liberacci e não do nosso querido senador.

Comente