Uncategorized

Delazari pode ter de devolver R$ 1,3 milhão

Da Gazeta do Povo, em matéria do jornalista Rhodrigo Deda:

Secretário é acusado de ter usado de forma irregular veículos comprados com verba de convênio firmado entre o governo estadual e as concessionárias de rodovias

Um parecer da Diretoria de Contas Estaduais do Tribunal de Contas do estado propõe que o secretário de Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, seja condenado a ressarcir R$ 1,344 milhão aos cofres do Paraná. Delazari é acusado de ter usado de forma irregular veículos comprados com verba de convênio firmado entre o governo estadual e as concessionárias de rodovias que atuam no Paraná. A data do julgamento do processo ainda não foi marcada.

4 Comentários

  1. Peraí, o Secretário “Lost” da Segurança pegou o dinheiro para polícia rodoviária e aplicou para polícia militar ?
    E nós o povo paranaense ficamos sem segurança rodoviária e continuamos sem segurança urbana ?
    Só falta agora colocar a culpa no pedágio …

  2. Vigilante do Portão Responder

    Um fato relevante nesse caso é o de que nem o secretário, nem o governador, quando das aquisições das viaturas NÃO CONTARAM PARA O POVO

  3. Vigilante do Portão Responder

    Um fato relevante nesse caso é o de que nem o secretário, nem o governador, quando das aquisições das viaturas CONTARAM PARA O POVO que a verba era do pedágio.
    Assim, na hora de malhar a tarifa fazem farta propaganda. Quando da compra de viaturas, inclusive para segunça das cidades, com o dinheiro do pedágio, nada se comenta.
    Pelo contrário, batem no peito contando que o governo reequipou a polícia com centenas de carros…
    Ocultar a verdade é mentir ao povo do Paraná.

  4. Há um detalhe que escapou à matéria: para isso (fornecer dinheiro para ser desviado pelo Mini-Me) as concessionárias de rodovias servem e os contratos são ótimos.

Comente