Uncategorized

Segurança Pública convoca aposentados

A Secretaria de Segurança Pública convoca 418 policiais civis de todas as carreiras que se aposentaram nos últimos dez anos. Delegados, investigadores, peritos,escrivães devem voltar à ativa para cobrir a falta de policiais.

Os policiais que se aposentaram pelas leis 41/2003 e 47/2005 que permitiam aposentadoria com 20 anos na carreira policial e dez anos em outras atividades terão que completar o tempo que teriam de cumprir até os 53 anos de idade. Quem se aposentou com menos de 53, terá de voltar, mesmo que hoje estejam com idade superior.

Dos convocados pela Secretaria através do Diário Oficial, três ex-policiais já estavam mortos, o que causou revolta entre os familiares.

4 Comentários

  1. É de se prever outros problemas, já que muitos policiais retornarão revoltados. E como têm estabilidade, sentindo-se injustiçados vão complicar mais a situação. Nesta área crítica da segurança, improvisar é favorecer o bandido. Ou vão pagar mais para estes servidores, que de qualquer forma logo tornam a se aposentar.

  2. Essa atitude da secretaria de segurança pública é absurda!!
    Foi tomada sem qualquer consideração com um concurso público em andamento, onde aproximadamente 200 delegados e outros tantos investigadores foram considerados aptos a exercer tais cargos e quase 01 anos após o início do certame o mesmo sequer foi concluído em prejuízo de toda sociedade paranaense!!
    Fica aqui a minha indignação e creio a dos demais cidadãos do estado do paraná!!

  3. JOAO-SALVINO NETO Responder

    isto é um absurdo, dos absurdos. Sou delegado em Belém- Pará, terra dos direitos, estava aposentado voluntariamente por tempo de serviço, há um ano. Fui chamado a voltar, com um agravante, estou com cancer, molestia grave, e só não estou trabalhando porque recorri a licença médica,e que fatalmente ira me levar a aposentadoria por invalidez, com enormes perdas. estou revoltado, não sei o que fazer.

  4. Comecei trabalhar de empregado, na vida, aos doze anos de idade. Trabalhei 24 anos na Polícia Civil em horários diversos, além dos normais. Trabalhei à noite, na madrugada, nos finais de semana, nos feriados, etc., e dessa forma minha saúde foi debilitando-se de vagar. Me aposentei em 2003 e retornei agora em 2008 e com bastante dificuldade tento ajudar os companheiros.

Comente