Uncategorized

PT pede ao PMDB interlocutor confiável

No PT, há quem pretenda pedir ao governador Roberto Requião que ele substitua o interlocutor do PMDB.

Prefere tratar com alguém que tenha mais experiência, confiabilidade e perfil ideológico definido. Cita exemplos, entre eles Doático Santos e Luíz Cláudio Romanelli.

5 Comentários

  1. emanuel dias Reply

    ASSUNTO SÉRIO NÃO DEVE SER MOTIVO
    DE PILHÉRIA: sai o atropelador, e entra quem: o furador de pedágios e aluno fantasma
    de faculdade de direito ou o lider de torcida
    fanática e desprovido de valores( funcionário
    fantasma aqui da COHAPAR – onde os mais
    humildes foram mandados embora)!!!!!!!!

  2. Pemedebista? Reply

    Interlocutor é um tratamento afável demais para designar um porteiro de bordel, já que do PMDB histórico, do “velho de guerra”, daquele que um dia foi para as ruas combater a ditadura restou apenas o velho e decadente prostíbulo, onde as meretrizes fazem qualquer acerto para permanecerem perto do poder, do cafetão.

    Tudo quanto é tipo de “bichos”, sem querer ofender os pobres animais, desde o gato ao rato, passando por tudo quanto é variedade de vermes rastejantes ali “comem no mesmo coxo”!

    Enquanto o “bufo rei de opereta” gospe o seu arrazoado “bolivariano de fachada” nos nossos pobres ouvidos tudo quanto é tipo de negociatas, de falcatruas, de trapaças rolam nos bastidores do poder.

    Dá para chamar o Sarney, ou outro escroto como o Temer, um burguezinho como Rocha Loures ou um Stephanes de companheiros?

    Não?

    O Requião e sua “troupe mambembe” os chamam!

    O que não é difícil para quem hoje elogia até o assassino do Médici!

  3. luiz fernando sancho Reply

    Esse PT perdeu o norte faz tempo, é lambança atraz de lambança, são uns verdadeiros aloprados, agora querem ter interlocutores ” confiável ” Doático Santos funcionário fantasma da cohapar com salário
    mais de R$ 8000.00, o local de trabalho é no bar pra já da praça do atlético tomando uns goles( bota goles ), o outro é o dep. Romanelli, o fura pedágio, e ainda fala que tá certo, ele devería explicar a sociedade da transportadora ROMANELLI, que era de um primo( laranja ),ficaram sócios, o dep. e o irmão,depois tentaram dar um chapéu no primo, e tiveram que dar tudo que o primo pediu sobe pena de contar tudo que sabia.
    Deputado o sr. poderia revelar para o distinto
    público, o que o primo sabia de tão grave que vcs ficaram com medo que ele revela-se?
    Esse PT gosta mesmo é de estar emvolvidos com pessoas que fazem negociatas, caixa dois, contas no exterior, dolar na cueca, mensalão, etc, etc, etc.

  4. Parece que o escritório do 1º andar da Cohapar não está com prestigio político.

    Eitá, que a desestruturação da corte paranaense do “futuro presidente” já está assim agora, imagine depois das eleições municipais.

    Entre os lambe-botas do Dulce vai ser um salve-se quem puder, muitos já vem aceitando a acolhida de Alvaro Dias.

    Preparem a pipoca e as gargalhadas.

Comente