Uncategorized

Rusch fala sobre falência da Cohapar

Élio Rusch, deputado do DEM, fala daqui a pouco na tribuna da Assembléia. Vai contar a situação pré-falimentar da Cohapar.

Para que se tenha uma idéia, há fornecedores que não recebem há mais de seis meses. Pelo visto, por lá só não falta dinheiro para sustentar escritórios políticos, o batalhão de cabos eleitorais e as mordomias de estilo.

1 Comentário

  1. O serviço executado pela Cohapar é permanente, no entanto, tem duas vezes mais funcionários terceirizados (temporários) que efetivos: a falência é funcional. Ou não ?

Comente