Uncategorized

Quem gastou mais na Alemanha, Richa ou Requião?

Requião iniciou a pancadaria em cima de Beto Richa com a comparação entre as contas de hotéis onde ficaram hospedados em Bonn, na Alemanha. Mas logo foi alcançado pela verdade, que tem perna mais longa.

Ao contrário do que disse o governador, o President Hotel (foto à esquerda), onde ele ficou hospedado com a sua trupe de oito pessoas, cobrou 140 euros por pessoa de diária. Já o hotel de Beto Richa e sua turma foi o Maritim Hotel (foto à direita), cuja diária foi de 120 euros por cabeça. Mais barato até porque o Maritim foi o hotel onde se realizou a COP 9 e ofereceu descontos aos hóspedes da conferência.

As comparações não terminam aí. Requião ficou dez dias na Europa e apenas uma hora no evento. Falou em português com ajuda de intérprete que levou daqui e logo escafedeu-se. Richa ficou quatro dias no evento, participou integralmente, falou por três vezes e sem ajuda de intérprete.

A excursão de Requião durou mais e passou por Bruxelas, Berlim e Paris. Na volta, desceu em Guarulhos e furou a fila imigração. preferiu o atalho das otoridades.

7 Comentários

  1. Mas não poderia faltar Paris … c’est ci bon …
    Mas Beto Richa levou uma proposta inovadora ao conclave, integrar as cidades na discusão da biodiversidade, que não só mereceu aprovação como foi ele indicado como o Prefeito das Cidades.
    Já Requião levando uma comitiva “heterogênea”, assinou um modesto convênio de plantio de mata ciliar, vetusta atividade que o extinto ITCF propos-se a realizar há mais de vinte anos atrás aqui no Estado.
    A diferença das duas comitivas não é só de hotéis, é de qualidade de idéias, de realização e de representação política.
    Com as eleições à vista, deixam-se os fatos e toma-se a demagogia.
    À Paris – com o dinheiro público … c’est ci bon …

  2. Meussias Maulina Responder

    O que posso dizer é que estou com inveja do Mario Celso Cunha, do Setti, do Machado, do Requião e do Beto, pois adoro tomar uma cerveja preta e comer um joelho de porto, um pato e um marreco recheado. E por isto alem da inveja, estou com raiva deles, pois não trouxeram nadinha pra mim. Só sabem fazer o relato da bebedeira e da comilança. Ai que inveja. Ai que ódio…..

  3. Engraçado que o Requião sempre prega a humildade, mas ele gosta de privilégios e um tratamento de autoridade.

  4. Pregar a humildade, Isso é para poucos. O que importa é não falar o que é desnecessário, os atos se mostram por si. A toda ação existe uma reação. Esse falatório é coisa de político que não tem o que mostrar, só o que falar. Que não tem conteúdo, só expressão.

Comente