Uncategorized

“Vai abrir um rombo”, diz Osmar Dias

O senador Osmar Dias afirmou que a questão da Paraná Previdência é gravíssima, em entrevista à rádio Banda B. Pede a ajuda da Assembléia Legislativa para resolver a situação e alerta: haverá um problema muito sério a ser administrado nas contas do Estado. Ouça:

5 Comentários

  1. Foi muito bem lembrado pelo senador Osmar Dias, que o rombo da previdência, antigo INPS, iniciou-se com obras tipo ponte Rio/Niterói, rodovia Transamazônica.
    Resta responder, quem era o presidente daquele instituto naquela época, nos anos 70 !
    Quem sabe responder ?

  2. Já fiz alguns comentários nesse blog, sempre mencionando que a Paraná Previdência é um dos fundos mais equilibrados do país e que esse govêrno vai conseguir quebra-lo. Pois bem, ouvindo a entrevista do sr. Alpendre e agora do Senador Osmar Dias,chego a conclusão do que eu temia, êles conseguiram.

  3. Este velho senhor de barbas brancas devia seguir o rumo de sua fazenda para gozar os seus setenta anos, gozando de uma velhice branda e tranqüila, usufruindo dos frutos de sua política. Adeus, au revoir, good bye, e toda esta espécie de coisas… até nunca mais capitão furacão Dias…

  4. Falta lembrar um ato de governo, em mandato anterior. Foram enquadrados como estatutários milhares de funcionários celetistas de empresas e fundações do Estado. Mais de 50 mil se bem me recordo. Todos passaram a ter direitos como aposentadoria integral além da estabilidade. De uma hora para outra. Custo enorme para o tesouro do Estado. É claro que em decorrência de atitudes como esta acrescidas dos problemas que estão sendo criados pela gestão financeira, que no fundo é política, o prognóstico da previdência estadual é complicado.

Comente