Uncategorized

Paraná pode perder fábrica da Yokohama

O Paraná poderá perder a fábrica de pneus japonesa Yokohama que escolhe um estado para se instalar no Brasil.

Quem batalhou a sua instalação em Curitiba foi Beto Richa. Acontece que o governo Requião não quer fazer qualquer concessão para garantir a vinda, enquanto que Pernambuco e Bahia oferecem vantagens extraordinárias.

É mais uma que o Paraná pode perder por conta dos maus bofes do Duce.

7 Comentários

  1. O arquiduque de mello e Silva pode contabilizar mais um progresso em sua gestão… seu governo do atraso jeca rejeita todos os avanços, gritando “caramuru, caramuru”, assustado com o fogo e a tecnologia… Seu grande projeto é instalar fábricas com rocas de fiar e tecnologias inovadoras como o carro de boi e o arado puxado a muares…. Espera que os empresários lhe presenteiem com espelhos e colares… viva a roça paranaense !!!

  2. Cajucy Cajuman Reply

    A instalação dessa fábrica virá ajudar e muito, os pobres trabalhadores. Os mesmos pobres sempre lembrados na tal Carta de Puebla. Portanto há que fazer vingar o verbo através da ação e do dinamismo em prol da pujança. Sem ela, todos continuam pobres e a tal carta sem valor. Perdendo até mesmo para o papel higiênico.

  3. Na prática a teoria é diferente. O raciocínio de abertura de novas atividades economicas na indústria e nos serviços parece que não faz parte de algumas cabeças dirigentes. A expansão dos empregos também não. O discurso ideológico é esquecido pelas intrigas mesquinhas da aldeia. Mas, será que a fábrica sería uma ameaça neo-liberal ao povo do Paraná? E ainda por cima vindo do Japão? Com a palavra o príncipe.

  4. O pneu Yokohama furou. Perdemos a instalação dessa indùstria no Paraná no momento em que o governador declarou que o Paraná não dará nenhum incentivo a esse investimento privado.O que não ocorreu com vários outros estados interessados.

  5. Mano da Vila Reply

    O Requião Chaves gera emprego sim, é só verificar quantos terceirizados (de empresas patrocinadoras de caixa de campanha) e contratados (nepotes, cabos eleitorais) que povoam as secretárias de estado e demais órgãos públicos.

  6. Macaco Simão Reply

    É só o Beto pedir para o vice Luciano Ducci,
    aliado do Requião pedir que o louco vai atender, o Luciano Ducci não é o companheiro
    de 1* hora do governador? Pra que serviu o apoio do Luciano Ducci para a Maria louca?
    Mostra sua força Ducci,para ajudar Curitiba?

  7. Sem essa de neoliberalismo! O correto é acabar com o pedágio e fortalecer candidaturas bolivarianas em toda a América!
    Agricultura, só a familiar. Aquela em que na propriedade se cria porco com sobra de comida, se planta milho e feijão à mão. O milho “prás galinha” e o feijão e a horta só “pro gasto”! Felicidade!

Comente