Uncategorized

Osmar Dias não cede. Vota contra a CSS

Não adianta a liderança do PT insistir em ganhar o voto de Osmar Dias (foto). O líder do PDT no Senado votará contra a CSS (Contribuição Social para a Saúde) no plenário da Casa.

“Não é possível aprovar mais uma contribuição neste momento em que a carga tributária é exorbitante no Brasil. A população não pode ser sobrecarregada com um novo imposto”, afirma o senador que orientou a bancada pedetista a também se opor à nova contribuição. Para saber mais sobre a posição de Osmar Dias, clique no


Osmar Dias considera que o governo federal deve prever na proposta de reforma tributária, que tramita na Câmara Federal, mais recursos para a saúde. “É claro que a saúde precisa de dinheiro, que as pessoas que estão na fila do SUS precisam de atendimento de mais qualidade e que os médicos precisam ser melhor remunerados. Vamos destinar mais recursos para a saúde dentro de uma reforma tributária que retire o peso dos impostos do setor produtivo”, completa o parlamentar paranaense.

O senador pedetista ressalta a necessidade urgente da reforma tributária, tendo em vista aumento dos impostos no Brasil. “No primeiro trimestre deste ano os impostos cresceram de 37% para 38,9%, em comparação com o ano passado. É muita coisa, são quase 40% de toda a renda do País. Precisamos acabar com o aumento dos impostos sobre o setor produtivo, porque quem paga é o trabalhador”, afirma.

Osmar defende agilidade na votação da reforma tributária na Câmara Federal. “Quanto maior a carga tributária, mais alto o preço dos produtos. A Câmara precisa cumprir a sua obrigação, os deputados têm que votar a reforma tributária para que os brasileiros paguem menos impostos para produzir e para consumir”, finaliza.

6 Comentários

  1. Quando será que o presidente irá se tocar de que o PDT é um ninho de inimigos?

    O Osmar, o mesmo que no passado votou pela manutenção da CPMF em troca de cargos, inclusive a Delegacia do Trabalho, agora vota contra?

    Com é que fica a manutenção destes espaços que ele não merece manter?

    Rua com o Graça, já que a coisa está sem graça!

  2. Por mim, e pela grande maioria da populaçao deste país, que pouco fazem movimentação financeira, o senador Osmar e nossos demais represntantes no senado pode votar a favor da CSS. A quem interessa a não recriação deste imposto? Claro, aos grandes sonegadores!

  3. Não faz mais do que a obrigação em votar contra a CSS. Assim como também e antes de tudo, votar numa Refoma Tributária que não onere a produção e consequentemente o trabalhador, que no fim é quem para a conta toda.

  4. O governo está dando um tiro no pé.
    Votar essa malfadada CSS em ano eleitoral municipal é desconhecer (ou não dar bola) o poder que a eleição local tem sobre os Senadores (que sempre serão locais).
    No mais, a tal CSS, tal como está, me parece fulminada por vício de inconstitucionalidade.
    Ora, pois, pois… com a palavra, brevemente, o STF.

  5. A questão em jogo é muito superior a partidos ou eventuais posições do Senador em relação ao Governo. Os impostos no Brasil atingem marca inédita. O custo deste clientelismo faz a blindagem da imagem do Presidente, dando-lhe a proteção pelos índices de IBOPE. Donativos e mais donativos na forma de ONGS, bolsas família e assim por diante.
    Só que isto sai tudo do bolso do contribuinte, que já está absurdamente abocanhado pelo insaciável LEÃO. Parabéns, Osmar Dias.

  6. Vergonhoso o Senador Osmar desonra o Paraná, não segue o que prega seu partido.. por que não vai para o PSDB ou o DEMO ??? Sinceramente meu voto nunca mais ganha

Comente