Uncategorized

Soou como deboche

O líder da bancada do governo, Luiz Cláudio Romanelli (foto à direita), deitou falação na tribuna da Assembléia sobre o aumento de 5% no salário dos funcionários públicos. Tripudiou. Deu ares de grandeza ao aumento que o funcionalismo considera muito menos do que o justo e menos ainda do que o necessário. Ouça:

O deputado Douglas Fabrício (foto ao meio) quis saber o critério que leva o governo a aumentar apenas 5% para o funcionalismo e ao mesmo tempo permite que a direção da Paraná Previdência se dê um aumento de 20%. Isso para não falar em outras incongruências. Valdir Rossoni (foto à esquerda) também entrou na discussão. Ouça:

As gravações foram feitas por Franci Colpani, da Rádio Banda B.

3 Comentários

  1. Professora Estado Responder

    5%? Que beleza de aumento! Com a inflação galopando… os professores cairam do cavalo.

  2. Estes extratos de pronunciamentos são muito esclarecedores, Fabio.
    É a viva-voz das empulhações do governo através do deputado fura-catraca que só está aí vociferando porque não foi enquadrado no Regimento Interno pelos ilícitos cometidos nos postos de pedágio, prejuízos, aliás, que vão ser cobrados do erário público.
    Então o governo dá 20% de aumento, brindando a nova Diretoria da ParanaPrevi, quase num cala-a-boca para não apurarem as irregularidades denunciadas anteriormente, e dá 5% aos servidores, um pirulito para acharem que está tudo bem na ParanaPrevi, embora não pagando maio, embora revisão seja indice igual e na mesma data para todos os funcionários e embora a arrecadação seja satisfatória.
    É ou não é empulhação ?

Comente