Uncategorized

Nas ruas, os protestos contra a alta dos juros

Dois mil manifestantes da CUT estiveram no ato “Fora Meirelles, menos juros, mais desenvolvimento”, realizado na manhã de ontem, em frente ao Banco Central, em Brasília. É a reação à política de contenção da inflação.

As centrais sindicais prometem manter a manifestação nas ruas do país contra a política de juros altos, elevado superávit primário, adotada pelo BC, e a de leilões de petróleo, implementada pela ANP, que segundo os sindicalistas, “busca entregar o valioso e estratégico petróleo para as transnacionais.”

2 Comentários

  1. Essa corja é incapaz de estabelecer o nexo de causalidade entre o ovo e a galinha. Não percebem que não inimigo maior do salário do trabalhador do que a inflação. É a roça em ação em mês de festas caipiras.

Comente