Uncategorized

Cem anos de Brasil


Foto de Áurea Cunha. Mulher descendente de japoneses em praça de Foz do Iguaçu.

Toda a colônia japonesa no Paraná comemorou hoje os cem anos de imigração japonesa e a presença do príncipe Naruhito, que inaugurou praça em Londrina e ouviu laxativo discurso de Requião em Rolândia, provando a proverbial paciência oriental.

O Governador desviou o caráter festivo do evento para protestar contra a xenofobia crescente na Europa contra o imigrantes, contra o capital estrangeiro, contra o neoliberalismo, enfim, contra todos os seus dragões da maldade. E homenageou Luís Hirata, militante que morreu durante a ditadura militar.

Quando Requião disse que encerraria o discurso, a platéia aliviou-se num suspiro coletivo.

Comente