Uncategorized

PT consegue liminar para imepedir votação da LDO em segundo turno


A professora Josete, do PT, explica que a bancada recorreu á Justiça pedindo a suspensão da votação da lei de Diretrizes orçamentárias, em segundo turno, porque todas as emendas apresentadas pelo PT foram ignoradas pela Comissão de Economia, que só considerou duas emendas da situação.

A juíza Luciane Pereira Ramos, da 2ª Vara Cível, concedeu a liminar e determinou que todas as emendas do PT retornem à Comissão de Economia para que ela justifique a rejeição. Só depois disso a LDO poderá voltar ao plenário para a segunda rodada de votação.

4 Comentários

  1. Bendita Juíza Luciane. finalmente alguém que enfrenta o rolo compressor do Beto. Se a Justiça nãp estivesse tão abarrotada de processos e pudesse olhar com calma os processos legislativos de Curitiba, nenhuma lei aprovada na Câmara sobreviveria. A inconstitucionalidade formal é a regra na Casa. Quase sempre os trâmites legais são ignorados em função dos interesses do Executivo.

  2. Marqueteiro oficial Responder

    Poutz, finalmente a imprensa de Curitiba descobriu a Câmara de Vereadores. É lá que aparecem os podres da gestão tucana. O problema é que todos queriam bater no Requião, daí fechavam os olhos pros edis fazerem a festa. Ainda bem que a população tá de olho nos bairros,que é onde aparecem os problemas.

  3. que sirva de exemplo para a oposição da ALEP, já que lá só fazem o que o baiacu desvairado manda…

  4. Kadu, o representante da TFP nos comentários dos blogs, amiguinhos do Déo, etc e tal.

Comente