Uncategorized

Paulo Betti e Rubens Genaro dizem não a Requião

Requião, através de Rafael Moro, da Secretaria de Comunicação, pediu solidariedade ao ator Paulo Betti
contra o que chama de “censura da Justiça Federal”.

Recebeu a seguinte resposta do produtor Rubens Genaro, que vale como um pé de ouvido no governador e cuja cópia foi encaminhada a este blog por um membro do governo. Leia a carta onde o produtor expõe as atitudes do governador e seu ponto de vista sobre o que Requião significa politicamente. Clique no

Prezado Rafael Moro:

Como vai !? Espero que bem!

1-Quando produzimos CAFUNDÓ (www.cafundo.com.br) no Paraná. Eu Rubens Gennaro produtor; levei ao Sr.Gov. Roberto Requião, no Palácio Iguaçu ; o elenco principal do filme. Lá esperamos na sala do Benedito Pires , durante quatro horas para saudarmos o Sr. Governador. Estivemos ;eu,Paulo Betti,Lázaro Ramos,Leona Cavalli e o Francisco Cuoco. Após este tempo de espera,já no meio da noite; fomos informados que sua Excelência não queria nos ver.Consternados e decepcionados, nos retiramos.Eu ainda tentei convencê-los do espírito “democrático do Sr.Governador.” Ao rodarmos o filme no Paraná , não recebemos sequer um aceno de consideração.Nenhuma ajuda de seus doutos agentes culturais. Nenhum espaço na própria TV Educativa.Nenhum apoio logístico.Nem um apoio alimentação ou hospedagem. Nenhuma autorização fito-sanitária para os animais que trouxemos de outros estados….Nenhuma ajuda! Nada !

2-Quando do lançamento do filme, sobre o preto veio João de Camargo,representando todo um universo de resgates da afrodescendência, interagimos com todas as entidades afros do Paraná, novamente solicitamos ao menos o apoio institucional das estruturas de comunicação e cultura do estado na divulgação do filme. Também não obtivemos nenhum apoio.A exceção da Imprensa Oficial na pessoa de João Formighieri que imprimiu livros e cartazes para o filme Cafundó, à revelia de sua Excia. Livros de CAFUNDÓ os quais distribuímos gratuitamente aos interessados.Escolas ,Bibliotecas, estudiosos,cinéfilos..etc.

3- Nas últimas eleições para o Gov. do Estado, quando a militância petista estava desmobilizando-se por razões várias,( entre outras as seqüelas do mensalão) eu pessoalmente articulei com Stica e Samek uma passeata de apoio a candidatura de Requião.Apoiar Osmar Dias (seu pior irmão espiritual) JAMAIS o faríamos; seria o paradoxo total.Pois é a síntese do latifundiarismo. Articulamos com Samuel Gomes,o próprio Maurício Requião e a Ittala Nandi; a passeata capitaneada por Paulo Betti com o qual percorremos, em um sábado de manhã, a Rua XV desde a Federal até a Boca Maldita e lá Paulo Betti , ao nosso pedido , com microfone do carro de som, durante mais de meia hora exortou a militância petista e progressista, para o apoio e mais empenho pela candidatura de Requião. Samek entre outros agradeceu e até ligou para o Presidente Lula por volta das 14h, informando-o, sobretudo o apoio militante do Paulo Betti e nosso ao Requião.No front das ruas.Lembra-te daqueles dias da rejeição eleitoral em Curitiba?! Tb o ajudamos a superar.

4-No ano passado,2007,quando do Bicentenário de Garibaldi,sugeri a diretoria de nossa entidade AGG que déssemos a medalha de Garibaldi ao Gov.Requião e assim foi feito. Com a devida consideração e pompa no Palazzo Garibaldi. Lá fui alvo de piadinhas insólitas do Gov. Se ele estava bêbado após o jantar …não sei. Porém…. piadinhas grosseiras a respeito do Garibaldi eu tive que ouvir. Tb fez piadinhas ao Paulo Betti ausente..

5-Meses depois em outro jantar,onde entre outros estava o Gov.Requião e o então Reitor da UFPR ,atual candidato do PMDB; entreguei ao Gov.um livro sobre a “O Retorno da Utopia” de filósofos italianos que eu havia comprado em Milano; eu lhe disse; Gov.Requião, retome as utopias de seus primeiros tempos! Tá aqui um livro que comprei par ao Sr. Nova ironia ferina, “Eu pensei que vc iria dar-me o manual de corrupção da máfia ” disse-me ele.

6-Soubemos Tb que o Gov.Requião disse no Palacio do Planalto que eu e o Paulo fazíamos campanha pro Alvaro Dias….enfim…

7-Como ex-morador de Casa de Estudantes e Presidente Estadual e Nacional delas , fiz campanha desde 1982 (deputado) para o Requião,1985 Prefeito,1990 Governador2002 e 2006. Jamais pedi um emprego , sinecura ou privilégio. Um único pedido fiz recentemente, no Canguiri para que nos ajudasse no filme WWW.anitaygaribaldi.com ,o qual tem o Paulo Betti sócio e co-produtor. Apesar de vários pedidos de muitos amigos comuns que temos; o Sr.Governador proibiu-nos qualquer apoio ou incentivo.Veementemente

8-Em recente visita e exibição de CAFUNDÓ no Palácio do Planalto ,o Presidente Lula entusiasmado pelo filme solicitou-me pessoalmente,que viabilizássemos mais livros de CAFUNDÓ os quais ELE O PRESIDENTE LULA entregaria à todas as embaixadas de países africanos no Brasil e as embaixadas do Brasil nos países africanos,PARA INCREMENTAR O BOM RELACIONAMENTO com os povos irmãos afros. Em razão de nossos fotolitos estarem na Imprensa Oficial; solicitei oficialmente à entidade,POR ESCRITO, na pessoa de Geraldo Seratiuk e à Secretaria de Estado da Cultura Vera Mussi a impressão de novos livros para entregarmos à Presidência da Republica, para o fim solicitado. TENHO EM MÃOS A RECUSA OFICIAL DA SECRETÁRIA PARA LIBERAR A IMPRESSÃO DE NOVA EDIÇÃO DO LIVRO, QUE O PRESIDENTE DA REPUBLICA SOLICITOU-NOS.!!! É ..claro orientada por determinação do Governador. E seus critérios suis generis de cultura. O Paulo Betti sabe disso tudo.!!!! Não somos comezinhos e parvos ..nem vingativos. Nossa capacidade de superar as rejeições são enormes. Eu pessoalmente já perdoei as ofensas recebidas. Os desvarios todos. E sobretudo a deslealdade de Roberto Requião.Para conosco e muitos que o apoiaram desde os primeiros tempos de sua carreira política.

Ilusões perdidas à parte,Requião nos anos 80 pareceu representar a superação revolucionária ,no voluntarismo da política burguesa, à mim e a outros pareceu um homem de revolução ; progressista. Infelizmente apenas no discurso. Com as cinza das horas ,o vemos um indivíduo consagrado ao Estado,centralizador, désposta e gerente de sua gens. Stalinista de método e práxis. Quem não sabe de suas escutas telefônicas.O grampo-guardião israelense.Até as carpas do Passeio Publico o sabem!!

RR é o atual gerente do conservadorismo reacionário paranaense. O feudo paranaense troca Henrique Naigboren por Mauricio Requião no TC. Faces de uma mesma moeda! Não há diferença ideológica. Só a gens. A genética conservadora familiar …é a mesma. Seu staff gerencial e administrativo vem do Neysmo. Arzua, Stephanes etc e etc…são crias da antiga Arena. Cadê seus esforços pela reforma agrária?!

O Judiciário feudal paranaense de pai para filho desde a quarta comarca de Sorocaba, tal qual o Legislativo de pai para filho, e o Executivo gerenciado hoje pela família Requião de Mello e Silva, são estruturas conservadoras desde Zacarias de Góis…. servem apenas aos interesses de famílias em conflito.

Somos a favor da liberdade de imprensa e de todas as liberdades individuais e contra todo e quaisquer tipo de discriminações de sexo , raça ,cor etc… Há muito RR não é o paladino da liberdade. Carta de Puebla?! Forum Mercosul?!!! Hábeis manipulações de eleitores militantes ingênuos. Muitos seus assalariados.

Antes porém transformou-se no déspota contra os quais lutávamos. Principal sintoma:NÃO TEM AUTOCRÍTICA! NÃO PERMITE NEM A CRÍTICA CONSTRUTIVA! O problema dele com o Judiciário não é nosso. Poderá ser resolvido em uma articulada cavalgada no Canguiri com o MPF. Ou em um convescote das elites.

Alexandre Cury o herdeiro equânime de todas as geometrias deste Leviatã Paranaense pode resolver o imbróglio. Com algun$ telefonema$ e alguma$ articulaçôe$.Esta briguinha é uma briga de bofes enrustidos da província.Não resistirá à uma noite de prazer e jogatina no Casino de Nuestra Señora de La Asunción! Que os genéricos de Fabio Campana conhecem bem!

RR terá passado à história como mais, um falso brilhante. A sua arte da guerra Sun Tzu de potencializar o conflito na dialética de crescer na adversidade . Não funciona mais.Porque RR …é apenas mais um maniqueísta. Me Tarzan you Jane ! Discursa no Vazio !

E nós míseros cinéfilos,artistas,tortos e imaturos…teremos deixado o script de inocentes úteis.

“Ars longa Vita Brevis”

Nos inclua fora desta !!!

r.a.gennaro

paulo betti- p.p.

P.S Não é preciso levantar dossier sobre nós .Os Delazaris ( Bob pai e Bibo filho ) já os tem !

26 Comentários

  1. Como já disse! Responder

    Os Mello de cá não são diferentes dos Mello de lá!

    “Viva a oligarquia patrimonialista!”

  2. Eduardo da Silveira Responder

    Caro Campana:
    Esta nota eu li no Zé Beto. Antes mesmo da sua publicação.
    Ela saiu como release para jornalistas ou foi copiado do outro blogueiro sem os créditos?
    Atenciosamente,
    Eduardo da Silveira

    Eduardo

    Eu recebi cópia da carta enviada pelo Rubens Genaro ao Rafael Moro de um cidadão confiável, que ocupa função pública, pediu para preservá-lo e a publiquei na íntegra, inclusive a referência a mim. A considero importante pelo conteúdo crítico que contém. Espero, inclusive, que outros blogs, além do ótimo blog do Zé Beto, publiquem a carta que se tornou pública.

  3. Renata Filgueiras Responder

    Estou revoltada com o Genaro. Não admito ataques ao camarada Stalin. Isto é coisa de anti-comunista, tipo dedo duro da ditadura.

  4. É lamentável mas o Requião consegue distanciar as pessoas.
    Sempre votei em partidos considerados de esquerda, mas como sei que até o presidente Lula apoia o Requião, meu voto e apoio será bem longe de PC do B, PT e PMDB.

    Beto Richa neles!!!!!

  5. Repito opinião já mensionada “Requião acabará seus dias no Pinel ou no Quartel” em ambas as situações preso!

  6. Sempre votei no Requião porque o Genaro pedia. Depois de 30 anos ele me avisa que errou. Nunca mais vou votar nas indicações do Genaro.

  7. Eduardo da Silveira Responder

    Caro Campana:
    Obrigado pela pronta resposta.
    Mesmo com menção ao seu nome na referida carta, acredito que ela é a resposta de uma enorme parcela do povo paranaense.
    É bom que tenha sido publicado em todos os blogs e que tenha, até, saído no primeiro jornal da RIC TV.
    Gosto do seu blog e o do Zé Beto. Os mais firmes e sérios sobre política no Paraná.
    Atenciosamente,
    Eduardo da Silveira

  8. outubro de 2010 Responder

    Bela retrospectiva! Contudo, somente agora é que viu que o homem é assim? Acreditou que ele mudaria? Fez campanha para ele, ainda? Sinceramente, ajudou a criar, não merecia nada diferente.

  9. A carta simplesmente resume tudo, tudo, tudo, sobre as mutações políticas de Reqião até este resultado final que vemos todos os dias. Parabéns aos autores da carta pela coragem.

  10. Rausca Furigatti Responder

    A maior mutação ocorrida foi a do Genaro. No tempo da Celu ele era da ultra-direita da casa. Agora virou ultra-esquerda. É o ponto de mutação a tal de flexão tatica dos manuais de esquerda?

  11. Genesus Donizetis Responder

    Este Requião é um insensivel. O Genaro sempre apoiou ele e ele não ajudou a pagar o filme e o livro dele. É um absurdo. Pô Requião da um capilé pro cara. Arruma uma sambiquira pra ele mamar.

  12. julio cesar caldas Responder

    Simples, direta e profunda análise: num único pedaço de papel mais verdades do que em toda a vida política do clã Requião. Essa carta deveria ser publicada em todos os jornais brasileiros. Parabéns Genaro e Paulo Betti!

  13. Mª Dores Melchior Responder

    Ótimas linhas! O déspota impostor merece ouvi-las. Vou além: Precisa ouvi-las. Seus áulicos também. O sujeito censura todo mundo e depois reclama que é censurado. E ainda por cima usa descaradamente os carros do governo estadual em campanha eleitoral. Isso deveria dar impeachment pois é crime eleitoral e crime contra a probidade administrativa.

  14. Conheço o Rubens Genaro e ele escreve por ele e pelo Paulo Beti. Vive pedindo dinheiro aqui, dinheiro lá, pra tudo quanto é governo. Só porque o governador negou dinheiro pro filme dele (que não assisti, mas deve ser horroroso) ele sai atirando pedras naquele que sempre o apoiou, mesmo com os filmes horrorosos e insossos que sempre faz.

  15. Caio Machado F° Responder

    Se tem dinheiro público de sobra para propaganda e escritórios particulares de advocacia (sem licitação), por que não para um filme paranaense?

  16. Andreia Barbosa Responder

    Eu conheço muito bem o Gennaro e ele nunca foi de “ultra-direita”. Piores são os travestidos de esquerda com práticas nazifascistas, como grampear os telefones das pessoas clandestinamente.

  17. Luiz Fernando Vidal Responder

    Esse negócio de “censura” do Requião já foi desmascarado. Uma jornalista contou no Reinaldo Bessa há tempos atrás que o ditador das Araucárias teve o desplante de censurar filmes do Jean-Luc Godard e do Martin Scorcese. Deve ter sido para atender ao apelo do irmão Opus Dei. E ainda vem dizer que é de esquerda…

  18. Que escritórios? Não tem contratação de escritórios.

    E se o filme é lixo não tem que dar dinheiro mesmo.

  19. Caio Machado F° Responder

    Não tem contratação de escritórios de advocacia particulares? Se o legislativo estadual não fosse tão capacho haveria uma CPI pra investigar esses contratos na Copel, Sanepar e na adm. direta, uma vergonha que revolta até os procuradores do estado. São milhões pagos pelo contribuinte aos escritórios dos amigos do rei. Prefiro que o dinheiro seja investido em cinema. Por que o estado não promove um concurso p/ escolher filmes a serem apoiados? O que não cola é o falso moralismo desse governo.

  20. Felipe, tem contratação sim, a mais famosa foi a da Usina de Gás de Araucária, lembra? Aquele escritório – Pinheiro Neto, eu acho, o estágiário, etc….

  21. Cidadão de olho Responder

    infelizes aqueles que conviveram com o ególatra Requião e tiveram que suportar suas humilhações infames !

    Genaro: Parabéns pela lucidez, coragem e altivez nas palavras !

    Ainda há tempo Requião: humildade e autocrítica pelo menos na velhice, podem ser sinal de sabedoria …

  22. Felipe, você é um equivocado! Se você gosta do RR é seu direito, agora falar que o filme é uma porcaria sem
    ao menos vê-lo é uma insensatez!! Ele foi selecionado
    em mais de 15 Festivais, dentro e fora do Brasil, ganhou mais de 20 prêmios. Se o Gennaro fica pedindo dinheiro aqui e lá, é para terminar seu filme. Aliás em Curitiba ele foi o primeiro a conseguir produzir um longa e distribuí-lo, bem diferente da maioria dos “cineastas” Curitibanos, que fazem “filmes” para seus umbigos. Foi o Gennaro que trouxe o Anthony Quinn para o PR, ele é o cara! Oriundi teve exelente aceitação fora do Brasil. Você teve ser mais um desses despeitados quando fala: “Filmes horrorosos e insossos que sempre faz”. Como dizia Paulo Autran: ” Há os que fazem e os que criticam, eu sou pelos que fazem!”

Comente