Uncategorized

Rafael Greca diz que recebeu a Cohapar quebrada

A notícia de que o chefe da Casa Civil, Rafael Iatauro, após receber o relatório da Comissão de Sindicância de que a Cohapar está quebra e com uma dívida de R$ 8 milhões resultantes de excessos de cargos de altos salários, mordomias, benesses e gastos injustificáveis, o presidente da empresa deverá mudar a direção da empresa, provocou a ira santa do presidente atual.

Rafael Greca de Macedo afirmou que recebeu a empresa quebrada e que, na verdade, vem tentando recuperá-la dos problemas herdados da gestão anterior. Segundo ele, a gestão de Luís Cláudio Romanelli e Rosângela Curra lhe entregou a empresa com essa dívida de R$ 8 milhões.

7 Comentários

  1. Mas o Romanelli não é o querido do Governador na Assembléia? Como ele pode fazer uma coisa dessas com a COHAPAR? Será que ele comparece à escolinha para prestar esclarecimentos e se defender das acusações de Greca?

  2. Este Roubanelli! Responder

    Querem que o Grecca assine embaixo das falcatruas de outros!

    Ele está certo em sair atirando!

    “Quem pariu Mateus que o embale!”

  3. Raufael Greucca Responder

    Chamem o Serginho Ricci com aquele software tipo roleta para definir o empreiteiro e o vendedor de produto para as obras que ele bota ordem na casa.

  4. Então tá esplicado porque o Dep. Romanelli furava pedágio e passava nas cancelas, recebia multa e erram perdoadas, é que o coitadinho não tinha dineiro, quebrou a Cohapar e ficou “sem R$” para sobreviver!
    Pobre coitado, e agora sobrou para o rolha de poço pagar a conta? É, nada como um dia atrás do outro, para pessoa se dar conta com quem andás! Patifarias e podridão no governo do Requeijão!

  5. Greca está respirando….. está dando sinais de vida…… será que está acordando?
    Talvez após o coma induzido pela Dr. LC Roubanelli, com o sangue voltando a circular e o cérebro sendo oxigenado, o Greca faça o que tem que ser feito em qualquer empresa que apresenta dificuldades economico-financeiras. Equacionar receitas e despesas.
    Valorizar os agentes e processos responsáveis pelas receitas. Redução drástica das despesas administrativas e operacionais. A começar com a rescisão de contratos com teiceirizadas dos “Amigos do Roubanelli”. Renegociar e planejar pagamentos. Reestruturar os Recusrso Humanos dispensando o supérfluo, adidos, assessores, secretárias, superintendentes e reciclar com objetividade os funcionários. Rever todos os acordos firmados com parceirias e acionar mecanismos de combate a indinadimplência dos beneficiados pelos programas sociais. Modernizar a área de tecnologia da informação com equipamentos e técnicos de nível profissional. Greca não tenha medo, você sai dessa como soube sair de muitas nos velhos tempos da prefeitura.

  6. Se estava quebrada, que não aceitasse. Mas vagabundo não liga pra isso, se está quebrado ele ajuda a quebrar ainda mais. Afinal, dinheiro público não tem fim.

Comente