Uncategorized

Juiz Marcelo Teixeira confirma: Maurício está suspenso, não pode exercer as funções

Confira os documentos emitidos pelo Juiz de Direito da 3ª Vara da Fazenda Pública, Marcelo Teixeira Augusto, sobre a impossibilidade da posse de Maurício Requião como conselheiro do Tribunal de Contas e sobre a tentativa de barrá-la ao enviar um oficial de Justiça que não conseguiu encontrar o irmão caçula de Requião, Maurício, antes das 16h da quinta-feira passada.

Para ver todos os documentos, clique em Leia Mais.

7 Comentários

  1. Não intimou porque não quis. O Mauricio Requião estava no TC desde as 15h30m e nenhum oficial de Justiça apareceu

  2. Há uma fábula nos meios jurídicos para significar o sonho do cidadão a respeito de sua magistratura, como segue:

    “A história se refere a um conto de François Andrieux, “O Moleiro de Sans-Souci”. Corria o ano de 1745. Frederico II, o déspota esclarecido da Prússia, havia construído um novo palácio. Ao chegar na sacada, observou que um moinho atrapalhava a linda paisagem que tinha em frente. O soberano mandou chamar o moleiro e pediu que vendesse o moinho, que seria demolido. O moleiro negou o pedido e, confiando na Justiça, exclamou:
    – Ainda há juízes em Berlim!
    Conta-se que o moinho permanece em pé até hoje…”

    Diante desta decisão do Dr. Marcelo Teixeira Augusto podemos dizer “ainda exitem juízes no Paraná”. E não é fábula.

  3. Duvido que a Justiça tenha coragem de enfrentar o melhor secretário de educação do planeta e o melhor governador da galaxia…..

Comente