Uncategorized

Tribunal vai aprovar com ressalvas as contas de Requião de 2007

Fora esta quinta, a próxima, dia 12 de agosto, a sessão extraordinária do pleno do Tribunal de Contas vai analisar o processo 231180/08. Nada mais, nada menos que a prestação de contas do governo Requião do ano de 2007.

O relator é Heinz Herwig (foto). Pelo que se pode adiantar o Tribunal vai aprovar com ressalvas e instaurar procedimentos específicos de investigação.

Cabe a pergunta: o irmão caçula Maurício estará na função para aprovar as contas do governo do qual ele mesmo fez parte?

3 Comentários

  1. Não sei se entendemos bem.
    Ano passado, quando o Conselheiro Herwig era presidente do TC, declarou-se que seria o último ano que se aprovaria prestação de contas “com ressalvas”, em vista da lei de responsablidade fiscal, etc.
    Entendemos que se aprovaria ou não se aprovaria, certo ?
    No entanto, vemos que continuam na antiga sistemática. Aprovam, “com ressalvas, daí, abrem “investigações” que nunca chegam ao fim, mas chegam “a bom termo”, por certo. Certo ? Não, é totalmente errado, ao nosso modesto entender.
    Artigo para o Ministério Público abrir investigação (séria, correta, efetiva) para concluir se, de fato e de direito, estão cumprindo a lei ou é “faz de contas” do TC.

  2. Alguém imaginava algo diferente ?
    Perguntar não ofende ; é procedimento também do Ministério Público aceitar prestação de contas públicas com ressalva ?

  3. Ronaldo:

    Boa pergunta. Já deixaram passar passar prestação de contas de ano anterior, objeto de impugnação na Assembléia, saída “estratégica” do Secretário Arzua para a Casa Civil, depois amainou e ficou debaixo do tapete. Mas, também, alguma vez, nos últimos tempos, inobstante a lista corrida de ilegalidades denunciadas publicamente em atos do governo de ocasião, por acaso, as ditas autoridades e controle público, onde se inclui o Ministério Público estadual (não o Parquet federal que enquadrou o governador e mostrou que fora dos limites do paraná existe lei), deram satisfação à sociedade sobre eventuais investigações e apurações de tais denúncias ? O que interessa, pelo visto, é o País das Maravilhas de Alice em que vivem, com os mais régios salários pagos pelo povo.

Comente