Uncategorized

Nos bares, a “Coca Moreira”

Pura maldade. Depois das últimas pesquisas a moçada pede “coca Moreira” expressão que virou sinônimo corrente de “coca zero” nos bares de Curitiba. Invenção que teria origem na boca de certo senhor que habita o Canguiri e não respeita nem mesmo os seus candidatos.

6 Comentários

  1. se a ” Coca é Moreira”, o macaco já decidiu …..”Fábio Pepsi é melhor que a Coca Moreira” pois 3 é melhor que 0 (zero) , hehehehe 3, 4 pode ser margem de erro…..

  2. Prezado Fabio

    Se a margem de erro é 2, 3,5 e 4%, será que que não tem candidato devendo ai não nas pesquisas, totalmente sem credito com a população. Porque não dizer também que é 2, 3,5 e 4% negativo. Um recorde jamais visto. Olha não sei sinceramente se alguns candidatos precisavam passar por essa!

  3. A rapaziada do MDB velho de guerra não vai gostar de ter seu candidato associado à coca cola. Pensam que aquele refrigerante é a agua com que os capitalistas lavam seus pés. A água preta do capitalismo! Portanto Fábio, não dê idéias! Isso pode virar tema da escolinha de governo! Já imaginaram? Além de todos os espectros do mal que rondam as gestões anteriores do governo do Paraná, soma-se agora, a coca cola, o símbolo do capitalismo mundial contra os “interesses do povo do Paraná”. Podemos comparar os delírios do “timoneiro do Estado” aos de Dom Quixote.

  4. Para os preocupados, existem também o refrigerante Cini Zero Calorias, pelo menos é Empresa genuína Paranaense e Curitibana, agora em Pinhais. “CINI 0%Moreira”.

  5. 4 Pragas do Pr. Responder

    Primeira

    Praga gafanhoto ano de 2008

    Segunda

    O Fogo na gestão do Ney Braga inesquecivél ser diga-se de passagem, a seca na época queimou todo paraná, tudo ardeu em chamas.

    Terceira

    Neve e ardente giada no ano de 1975, não sobrou nem sementes dos cafés e demais…..

    Quarta

    Governador Roberto Requião de Mello e Silva, perdeu todos os amigos e esqueceu do seu poder de política e fez do Moreira e esqueceu que tem potencial para ser Presidente da República.

Comente