Uncategorized

Suplicy vem discutir o novo Bolsa Família

Suplicy participará do III Simpósio Paranaense de Direito do Terceiro Setor, promovido pela Universidade Positivo. Ele participará da mesa que debaterá a CPI das ONGs.

A proposta de Suplicy é a de ampliar o programa Bolsa Família, associando educação e saúde ao benefício financeiro.

Ele vai discutir sua proposta também com os elaboradores do programa de governo de Gleisi Hoffmann.

Ela prevê a expansão do atendimento oferecido às 31 mil famílias cadastradas no Bolsa Família em Curitiba. Gleisi quer oferecer formação profissional e qualificar a mão-de-obra dos adultos e jovens assistidos pelo programa para garantir autonomia e independência às famílias beneficiadas.

Essa também é a base da proposta de Suplicy, que está em discussão no Congresso Nacional. Além de se reunir com a equipe do Plano de Governo, o senador vai gravar depoimento para o horário eleitoral gratuito de Gleisi. Suplicy é uma das lideranças nacionais do PT de maior prestígio e credibilidade em todo o país.

“Assim como o presidente Lula e a ministra Dilma Roussef, o aval do senador Suplicy é um importante referencial para a população de Curitiba. A participação dele ajuda muito na campanha”, analisa o vereador André Passos, coordenador geral da campanha de Gleisi.

8 Comentários

  1. Mais uma vez a tal da Bolsa Familia, paga com o suor dos nossos impostos, vai se transformar em fundo eleitoreiro. Basta dessas hipocrisias e assistencialismo barato.

  2. Prefiro dormir em casa do que dormir ouvindo ao fundo o chato do Suplicy. Vai prá casa Suplicy!

  3. Lindsey pra mim ele deu um golpe e empurrou a Marta pro Argentino. Jah dizia aquele ditado, passar mulher pra trás eh fácil, difícil eh passa pra frente, hehehe.

  4. Gê, a sua tese estaria correta se não fosse o Suplicy. Ele não essa perspicácia toda. O argentino levou a tralha mesmo. Tralha atrai tralha! Mas que o Suplicy é meio pastel isso ele é!

  5. Eh, vc me convenceu! Pastel! Eh isso mesmo. Mas eh um dos parlamentares mais divertidos que temos hj. Pq o eleitor tem que ser o palhaço sempre? Nós tb queremos rir um pouco.

  6. Bartolomeu Bueno Responder

    Por ser um momento eleitoral – e portando de oportunismo de muitos -, o Justiça deveria proibir o assunto Bolsa Família e novos agregados até o témino das eleições.

    Caso contrário, as tais Bolsas vai servir de voto de cabresto para o pessoal da esquerda delirante, ou não?

Comente