Uncategorized

O estômago da galinha dos ovos de ouro

O vice-governador Orlando Pessuti foi representar Requião na abertura do Congresso da Fenabrave e passou por saia-justa. O presidente da Fenabrave, Sergio Antonio Reze, disse que os governos estaduais querem aumentar o ICMS sobre a venda de veículos. Reze convocou o setor a lutar contra a proposta e disse que os homens públicos têm que aprender a cumprir a palavra dada, já que havia um antigo acordo para manter a alíquota inalterada.

Como o setor está em alta, gerando muitos tributos, Reze disse que, além dos ovos de ouro, querem arrancar o estômago da galinha. Pessuti saiu pela tangente. Disse que o Paraná não faz parte do grupo que quer aumentar o ICMS automotivo e que o setor é importante para o desenvolvimento do estado.

3 Comentários

  1. “O Tempo é o Senhor da Razão”!
    Para quem só criticava as Instalações das Montadoras, vindas com incentivos fiscais na época do Governador Lerner, hoje o Requião não reclama do ICMC que recebe, e o alto nível de Empregos que advém deste segmento Industrial. Por isso nada como um dia atrás do outro para ver que o Maria Louca cala a boca quando lhe convém, e há interesses por trás dos antes ditos “problemas”, da mesma forma que os pedágios que não vemos mais ele tocar no assunto! Como ele está em fim de carreira e logo está indo para seu asílo no Paraguai, está levando uma bordoada atrás da outra!
    Aqui se faz e aqui se paga!

  2. Ainda bem que temos um Pessutão para representar o Paraná num momento como este. Resposta serena e agregadora.

  3. No Pessutão, eu acredito.
    Companheiro fiel e leal do Requião, só tem levado bordoadas.
    Deixou o tranqüilo e rendoso cargo vitalício de conselheiro do TC, para continuar vice, na espera do apoio do Reiquião e seu partido em 2010. Lêdo engano. Reiquião só pensa nele e na sua família. E, sempre que pode chega a humilhar em publico, o Pessuti.

Comente