Uncategorized

As provas da violência da PM contra os sem terra

A polícia de Requião disse que era mentira. Mas as fotos mostram que a PM usou de violência e barbarismo na expulsão dos sem-terra de Rerserva do Iguaçu. As fotos foram mostradas, ontem, pelo deputado Tadeu Veneri.

A policia militar não esperou as famílias retirarem seus pertences para atear fogo nos barracos. Na última sexta-feira a operação envolveu 400 policiais que retiraram 200 famílias dos sem-terra de três áreas de acampamento: um na Fazenda Reserva e outros dois na Fazenda Rodeio. Não houve resistência por parte das famílias.

As lideranças dos acampados do município informaram que os policiais não esperaram as famílias retirarem seus pertences enquanto funcionários da fazenda ateavam fogo nos barracos. Durante a ação foi incendiado um paiol, usado para armazenagem de milho, que continha o produto da safra das lavouras dos agricultores.

A ação violenta, repudiada por Veneri e pela deputada Luciana Rafagnin, foi questionada pelos deputados do PMDB, Stephanes Junior e Artagão Junior. Os dois afirmaram que não houve violência e que a área foi desocupada pacificamente. “ Quase foi feito aqui um desmentido do que ocorreu. As fotos que trago aqui mostram claramente que foi queimado os barracos dos desalojados. Não se pode fazer de conta que não foi bem assim”, reagiu Veneri.

Segundo ele, os deputados petistas fizeram seu papel ao trazer à Assembléia Legislativa a denúncia de violência contra agricultores rurais “Não podemos mascarar a realidade”.

5 Comentários

  1. REINTEGRAÇÃO DE POSSE É COM O OFICIAL DE JUSTIÇA. A POLÍCIA MILITAR NÃO PODE SER ARBRITÁRIA. QUEM É O COMANDANTE DO INETRIOR. ELE É O RESPONSÁVEL. A PM NÃO PODE SER ARBRITÁRIA. SEU COMANDANTE ANSELMO É FAVORÁVEL PELO DIÁLOGO E NÃO PELA TRUCULÊNCIA. ABUSO DE AUTORIDADE É CRIME E O GOVERNADOR REQUIÃO NÃO É DEFENSOR DESSA FORMA DE AÇÃO. ANTIGAMENTE A PM ERA COMPOSTA DE OFICIAIS RELACIONADOS COM A SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA DA SOCIEDADE PARANAENSE. OS EXCLUIDOS SOCIAIS NÃO NÃO INIMIGOS DA POLÍCIA MILITAR. CHAMEM OFICIAIS APOSENTADOS E NÃO DA RESERVA. DIGO, NÃO DA FAZENDA RESERVA OU DA CIDADE DE RESERVA DO IGUAÇU. CADÊ AQUELES VALOROSOS PMs DO ANTIGO GOVERNO REQUIÃO, NO INÍCIO DA DÉCADA DE 90. PARECE QUE UM DELES ELOGIOU REQUIÃO E FEZ DELE MODELO NACIONAL, EM CURSO SUPERIOR NA CAPITAL PAULISTA. SEM-TERRA NÃO É BANDIDO E A PM DO PARANÁ NÃO É BANDIDA. A POPULAÇÃO TEM QUE CONFIAR NA SUA FORÇA PROTETORA.

  2. Pq os Sem terra sempre aparecem como vítima???????????

    E os fazendeiros que são roubados, que matam seus animais e queimam seus tratores. Essas fotos o DIGNÍSSIMO deputado não mostra,

    Que vergonha

  3. Eleição é uma época de milagres, igual ao Natal.
    O Espírito Democrático faz até alguns passarem a defender os movimentos sociais.

  4. Vamos parar de chamar quadrilheiros e assaltantes de “movimentos sociais”. Se invadem sua casa, danificam, matam seu cachorro, intimidam e fazem tortura psicológica com sua família, Vc chama de bandidos; e o que fazem os (falsos na sua maioria) sem terra?

Comente