Uncategorized

Mais tenso, mais enfático, quase tão vazio quanto o primeiro

O segundo debate entre candidatos a prefeito de Curitiba, realizado a horas tardias para a absoluta maioria da população, teve ingredientes novos em relação ao primeiro, que se notabilizou pelos “brancos” do candidato Lauro Rodrigues.

Os adversários de Beto Richa mostraram-se mais dispostos a enfrentá-lo de maneira enfática, dirigindo críticas diretas à administração, especialmente às deficiências do sistema público de saúde, aos problemas do trânsito, às necessidades da educação e à questão da segurança pública.

Gleisi Hoffmann elevou o tom da voz e procurou tocar nos temas mais desconfortáveis para a administração. O candidato Carlos Moreira, do PMDB, tentou inovar na encenação. No fim do debate parafraseou aquilo que citou como um ensinamento vindo do marketing: “uma mentira repetida muitas vezes passa a ser verdade”. Moreira parecia ignorante do fato de que a frase original é na verdade do nazista Joseph Goebbels.

Maurício Furtado, do PV, exerceu seu papel de linha auxiliar. E Fábio Camargo manteve a postura de falar para o telespectador, pouco preocupado com as reações dos demais debatedores.

Bruno Meirinho, para garantir tempo de exposição, chegou a dirigir a pergunta para si mesmo, o que foi aceito e lhe deu a oportunidade de falar de sua campanha contra as catracas. Ricardo Gomyde insistiu no tom conciliador que lhe garantiu os menores indíces que rejeição que um comunista já teve em Curitiba.

Beto Richa se defendeu com o domínio dos dados e números que é esperado de quem já é prefeito. As críticas dirigidas às políticas de educação e saúde da prefeitura esbarram no reconhecimento quase universal do sucesso da cidade nessas áreas quando comparada com outras cidades brasileiras. Nesse sentido, Beto Richa é ajudado pelo histórico da cidade que herdou, e a oposição parece limitada nos ataques, obrigada então a fazer promessas incríveis.

Outras linhas de ataque seriam mais eficazes. Se Beto Richa teve sorte em herdar aspectos históricos positivos da cidade, teve certo azar em outras variáveis: o orçamento das obras da “Linha Verde” sofreram com as variações cambiais, estas também fora de seu controle. A oposição tenta explorar o tema, mas ainda com um discurso genérico. Diante disso, o prefeito continua protegido por seus índices de aprovação.

41 Comentários

  1. Esse Moreira citou Goebbels que é o filósofo de cabeceira do Requião.
    Tá Doido Moreira? Não sabe o que fala?

    O Moreira tá falando em falta de transparência e nem toca nos rolos cometidos por ele na FUNPAR!

  2. Eu não quero a Gleisi como prefeita de Curitiba. É esquisita, não sei bem o que é mas não dá. Fica se apegando ao Lula (eu disse se apegando). Fala como se fosse a dona da verdade e sabemos que o PT em prefeitura não é bem especial assim. Ao contrário em Londrina onde ao que sei foi secretária de Gestão, é exatamente aí que reside o caos! Conseguiram até fazer o povo sentir saudades do Belinatti!
    GLEISI EM CURITIBA, TÔ FORA!

  3. O debate de hoje foi excelente. Serviu para o povo curitibano fechar questão em favor do Beto, homem sério, honesto, trabalhador, carismático e preparado para continuar governando Curitiba e quiçá o Paraná, num futuro próximo.

    A candidata marionete parece papagaio, parafraseando o presidente; “nunca na história desse país”;, que apenas faz promessas vazias e bate em uma tecla só. Péssima.

    O Moreira, coitado, boi de piranha do poderoso chefão. Gostei desta, poderoso chefão! é uma pena que até o grande Marlon, interpretando o Don Corleone, tinha mais simpátia fazendo o mal, abertamente.

    Mas a estrela foi o candidato do PV, como é mesmo o nome dele??? Enfim, apenas um paraquedista que tenta popularidade para tentar ser eleito síndico do prédio.

    Parabéns pro Fábio C., muito embora não seja meu candidato, mas ao menos tentou fazer um debate diferente. Talvez tenha ganho meu voto para a reeleição para deputado.

    Um abraço Campana, e mais uma vez parabéns por este espaço democrático.

  4. Sra. Bernardo: Continuo curiosíssima a respeito da tal “linha do assédio”, ou seja : a linha dos ônibus onde as mulheres curitibanas sofrem assédio sexual?! Revele logo, pois, o horário eleitoral gratuito reservado ao seu partido,não tem nada de excitante , muito menos de renovador …entende?

  5. Acho que o FABIO CAMARGO foi bem no debate – O Beto Richa tava nervoso – o Lauro perdido como sempre…A gleisi foi mais ou menoes e o moreira tambem. Na minha opiniao o resto …foi resto mesmo…

  6. Qual seria o debate dos sonhos em Curitiba? Minha escalação para o debate mais divertido:

    Rafael Greca, Requião, Lauro Rodrigues, Osmar Dias, Andrielly, Doático, Rossoni e quem sabe um Jaime Lerner.

  7. Achei que o Beto foi muito bem por não ficar desviando das perguntas e sim respondendo-as com franqueza e de forma direta, mas bem pontuada.

    Fiquei por certo mais desapontado com o canditado Meirinho e Gomyde pela ausência total de disposição ao debate utilizando-se do espaço aberto à busca de uma Curitiba melhor, para tão somente apresentar programas.

    O Moreira do meu ponto de vista, somente criticou alegando “caixas pretas”, mas eu me pergunto; as multas são para o detran-pr, ou seja, é do governo Estadual a receita. Ademais as questõs são de ordem constitucional.

    Já o Lauro Rodrigues foi um show a parte ao atacar o cândidato do PV que teve uma apresentação lamentavel e triste. Diria até que foi um dos mais comprometidos.

    Se a Gleise falar mais uma vez dos 8 meses para uma mamografia, das 9mil vagas de creches e da verba gasta com públicidade e viagens; vou querer que ela me explique o que o marido dela e o Lula fazem com o meu IR!!!

  8. A sim.. o Fábio Camargo, ao contrário do que temos visto, tentou se manter calmo e fazer um debate aberto e limpo, sendo inclusive “insultado” sobre isso.

    Espero que nos próximos debates tenhamos os canditatos Beto, Fabio C. e Rodrigues com a mesma disposição seriedade e vontade para discutir em bom nível.

    Abraços e felicidades a nossa querida cidade.

  9. Alexandrer Bobovisk Responder

    Aqui no Quirquistão os comunistas fizeram barbaridades, mas mesmo assim chegam a 20% dos votos… Na nossa Mãe Rússia Stálin fez o que fez, no entanto, os comunistas daqui sempre atingem de 15 a 20% dos votos nas eleições… Em Curitiba, posso afirmar, é o único lugar no planeta que um comunista tem 0% (zero) de intenção de voto… É coisa para o Guiness Book. Ou seja, o Gomyde é o comunista menos bem avaliado do mundo!!!
    Se continuar com essa postura de ontem no debate (eu assisti pela internet), vai virar suco…

    ALEXANDRER BOBOVISK

  10. Moreira, aprendiz do Requião, quando se referia ao Beto Richa, rangia os dentes como os cães que o Lauro quer exterminar. Ele (Moreira), Gleisi, Meirinho e Furtado formam aquela “alcatéia faminta cujos argumentos La Fontaine os tornou clássicos” – como diria o grande tribuno Carlos Lacerda.

  11. Houve uma reunião no Palácio das Araucárias onde se reuniram Moreira, Fábio Camargo, Gleisi, Mauricio Furtado e Gomyde. Todos ouviram atentamente os orientações do Requião para criticar o Beto Richa.

  12. O Beto Richa se complicou com uma pergunta do Meirinho. A assessoria dele deve ter dormido mal noite passada.

  13. somente as pessoas que não enchegam ou que estão a serviço do BETO RICHA é que não viram que tem muita maracutaia, por tras destas pesquisas.
    e o assessor do beto richa LAURO RODRIGUES, não fala nada com nada, deveria ter vergonha na cara e reafirmar sua condição de apoiador do beto, sair do programa para não atrapalhar, e ir para as ruas buscar tentar garantir seu cargo só que eu não sei onde, pois na prefeitura de Curitiba é que não será. pois a proxima prefeita será GLEISI, quer voces queiram ou não.
    Moreira foi muito bem durante o debate, agora foi melhor ainda quando falou das caixas pretas, e que não adianta continuar tentando reafirmar as mentiras, por que elas não irão se tornar verdades pois estas pesquisas são uma farça montada para criar um crima de já ganhou, isto no minimo é querer dizer que o povo de Curitiba é burro, mas isto não, voces terão a resposta nas urnas.
    Fabio Camargo esta na dele, se fez de bom moço.
    Mauricio Furtado, o comentario é que voce bateu no beto, voce nada mais fez doque a sua obrigação de tentar arrancar do beto o que todo eleitor curitibano quer saber, com quem ele esta envolvido, e quais os interesses que estão por tras de seus finaciadores de campanha, parabéns.
    Gomyde resolveu mostrar realmente que esta em um partido de esquerda, melhorou muito, pois começou a mostrar os gargalos desta cidade.
    Bruno Meirinho, matou a cobra e mostrou o pau quando falou da isenção do IPTU na linha verde, é projeto aprovado na Camara Municipal de Curitiba, e não adiantou o beto Richa se espernear a verdade dói, e é nos dos bairros que pagaremos estes IPTUs parabéns.
    Gleisi, mostrou não o que o cuiritbano quer saber, por que o que ela comentou o povo sente na pele as filasnos postos de saúde a falta de creches, os onibus superlotados a seguranças etc.
    agora a perola da noite, foi a cara de pau do Beto vir prometer o que não fez em oito ano, quatro como vice e quatro como prefeito.
    METRO betinho, o seu proprio assessor LAURO RODRIGUES te desmascarou, gastou oito milhões só para tentar tirar o metro do papel nem isso consseguiu, imagine implantar,
    ainda bem que terá 2 TURNO e o tempo serão iguais, e com certeza os curitibanos poderão com toda certeza ver realmente quem tem as melhores propostas para Curitiba.

  14. CAMPANA!
    O pior de todos foi o Beto. Não soube explicar nada sobre a demora na Saúde, Metrô, etc. E ninguém falou ainda em FANTASMAS! Ezequias, Sogra, e outros que irão estourar.
    O tempo todo só falou de seu Pai Jose Richa.
    Se houve ganhadores no debate, são GLEISI e Fabio Camargo. Os outros são horríveis.

  15. Como pude acreditar no Beto este tempo todo, e vê-lo calado diante de tantas acusações, e não disse nada que convencesse de que poderia ser mais humano e fraterno em sua administração.Votei nele na campanha passada e acho que sua assessoria tinha que fazê-lo responder de forma convincente para ganhar o meu segundo voto.

  16. Moreira é tão mediocre que não soube responder a pergunta de Lauro Rodrigues sobres os cães abandonados, preferiu fazer o denuncismo vazio sem saber ser é verdadeiro aqueles documenotos da “caixa-preta”, mem programa de governo o “magnifico reitor” tem.

  17. O melhor do debate foi Lauro Rodrigues, se deu branco nele, pelo menos desmacarou a cara do Moreira e da Gleisi, ambos não souberam responder as pergunta que o Lauro propos.
    Eta oposição sem solução e criatividade, preferem ficar nas denuncias vazias a que trazer soluções.
    Se é para ficar assim, prefiro que o Beto continue.

  18. Quem é esse tal de Pessoa que tem coragem de dizer que a Gleisi foi bem no debate? Acorda ela é uma pobre coitada, nem a voz ajuda ela se impor……

  19. Alias, será que ele sabe responder sobre as malas de dinheiro que o partido da Gleisi saiu distribuindo no ano de 2007?

  20. Foi bom o debate! Mas algumas perguntas ficaram sem resposta…Quem são os financiadores de campanha do Beto? O que têm nas caixas pretas da Urbs, ICI, etc? Acho que o menininho riquinho do Batel estava nervoso, não conseguiu responder as perguntas!
    Esta vai para os tucanos: Quanto mais alto, maior é o tombo! Estão de salto alto! Cuidado! A sogra fantasma vem aí!

  21. Caramba ! Esse debate ajudou a definir o voto de uns… 432 eleitores.
    Mas o Fabio Camargo vai ter mesmo 21.756 votos no total…

  22. Tá pra nascer candidato mais demagogo que esse Fábio Camargo. Impressionante a capacidade de querer fazer média com todo mundo, e a de fazer uma imagem de bonzinho, correto, amigo de todos… é sério que tem gente que cai nesse papinho? “você dona de casa, você que mora nos bairros afastados, você que mora nos bairros centrais”.. Creio que ele tinha uma lista de pessoas a serem elogiadas durante o debate. “Fica aqui o meu respeito para o pessoal do…”.

  23. Debate morno, chato sem conteúdo ou Propostas viáveis, jogam no ar idéias mas não sabem como administra-las, nada mudou na situação como estava e continuará!
    Beto Richa continua navegando em máres tranqüilos, rumo a sua reeleição no primeiro turno no dia 05/10/2008, os demais candidatos precisam de preparo e tempo de estudaos e conhecerem melhor a Cidade!

  24. Ontem vi pela primeira vêz um debate, foi o último, não é atoa o percentual do atual prefeito nas pesquisas.

  25. MADA SILVA

    Vc deve ter assistido outro debate! Ou dormido e sonhado!
    PQ ele não respondeu nada?
    Vc é gafanhota do Beto??
    Fora Tucanada!!!

  26. O papel que os candidatos da oposição cumprem é o de tentarem pelo ataque combinado desestruturar a imagem da campanha do Beto.

    O PV está com altos cargos no governo, o Fábio é genro do secretário da Casa Civil, o Moreira é um pau mandado do Requião, etc..

    A Gleisi, mero papagaio a repetir os feitos do governo Lula, mas esquecendo dos mensalões, dos dólares na cueca, etc. não consegue propror nada além das questões pontuais e nada estratégicas de sempre e na sua linha de ataque tenta recordar a Curitiba nas mãos dos lernistas no período da ditadura, o que é uma profunda contradição para quem se diz de esquerda.

    Curitiba sempre foi desigual e violenta, pois a favelização de parte da população, o que gera a violência, começou justamente no governo Lerner na década de 70 e que a pífia gestão do PMDB, que ficou sete anos no poder, não conseguiu também resolver.

    Hoje a Gleisi, que é assessorada pela agência do genro do Lerner, a mesma que ganhou uma importante conta na área de marketing do governo Lula, tenta impor a mentira de que aqui já foi o “paraíso terrestre” durante o regime militar.

    O Beto comanda uma gestão impecável do ponto de vista do social, sendo a mesma premiada e reconhecida como excelência em várias de suas áreas de atuação até pelo governo Lula.

    Chega destes sofismas maniqueístas por parte da oposição, pois não conseguirão o intento em querer demonizar a gestão do Beto, pois o povo, que não é trouxa, dela participou opinando via as mais de 300 audiências públicas aonde colocou as suas críticas e sugestões.

    Vitória do Beto no primeiro turno é o que nós os eleitores conscientes queremos!

  27. Ronaldinho vc quer convencer o eleitorado com este discurso que o Betinho o Bonitinho é tão bom que já ganhou.Continue assim é vc verá que a eleiçao é um processo democratico e que o povo escolhe o seu governante, então não tenha medo e nem pressa , a eleição será dia 05 de outubro, e só neste dia e que saberemos o vencedor, que com certeza vai ser o escolhido pelo povo e não aquele que vc teima em ser o vencedor por medo de perder o seu cargo comissionado.

  28. Vigilante do Portão Responder

    Dois cretinos.
    O Reitor e a Gleise teriam todo o direito de questionar os gastos em publicidade do Beto Richa se fizessem o mesmo com o Lula e com o Requião.
    Caso contrário, não tem moral para criticar o prefeito.
    É só verificar o que o governo federal gasta com propaganda (na adm. direta e nas estatais – o Marcos Valério pode contar bem essa história -. O STF já aceitou a denúncia contra a turma do PT, aquela que a Gleise esconde, dizendo que ela e a ministra Dilma fizeram parte da equipe de transição do primeiro governo Lula, “esquecendo” de dizer que estavam juntos, também, o José Dirceu, o Genoino e o Delúbio Soares; Todos enquadrados e réus no processo movido pelo Procurador Geral da República.
    Do mesmo modo, assistir aos dois candidatos, fazendo críticas à demora no atendimento dos postos de saúde ou da espera para uma mamografia, chega a soar como deboche.
    Então os dois desconhecem que no HC, do governo Federal e administrado pelo Reitor, existe fila de mais de 2 (dois) anos para fazer cirurgias?
    E a Gleise enche a boca para falar: Saúde deve ser prioridade, estou INDIGNADA” com a demora no atendimento dos postos de saúde e na liberação de exames.
    É falsa a indignação ou ela estaria criticando o próprio governo que representa?
    Outra bobagem da candidata é afirmar que o governo federal coopera com parte dos recursos em várias obras da prefeitura. Não faz mais do que a obrigação. Recolhe milhões em impostos na cidade; Tem mais é que aplicar alguma coisa aqui.

  29. “pois a proxima prefeita será GLEISI, quer voces queiram ou não.”
    bem democrático, tipico da petralhada

  30. Cheiro de comitê de campanha acima. Algumas figurinhas carimbadas que sempre estão por aí devem ser pagas para divulgar os blogs de seus candidatos, lançar boatos e falácias, tipo vai dar segundo turno, tal candidato está caindo e outro subindo enqaunto está tudo na margem de erro e a rejeição de seus candidatos aumenta.
    Sinceramente queria que tivesse segundo turno, pelo fortalecimento da democracia, mas como o PPS ficou sem candidato não temos ninguém com solidez moral para votar como opção.

  31. Quanta besteira no debate de ontem! Para dizer de suas intenções se apegam até em pai morto e como todos sabem basta morrer para ficar bom! Valha-me Deus. Vão trabalhar e presenciar realmente como vive o povo de Curitiba que não tem saúde, não tem creche, não tem saneamento básico, não tem segurança, etc..etc..etc.. O centro de Curitiba? Vai muito bem. Parabéns Beto.

  32. “Beto Richa se defendeu com o domínio dos dados e números que é esperado de quem já é prefeito. As críticas dirigidas às políticas de educação e saúde da prefeitura esbarram no reconhecimento quase universal do sucesso da cidade nessas áreas quando comparada com outras cidades brasileiras. Nesse sentido, Beto Richa é ajudado pelo histórico da cidade que herdou, e a oposição parece limitada nos ataques, obrigada então a fazer promessas incríveis.”

    Campana = Beto = PSDB = jabá

    Francamente…isso é vida de Blogueiro no PR

  33. O “Heitor” faz bem o papel de capacho diante da TV. Devia de ter vergonha de olhar a cara dos seus filhos!

  34. De olho no lance Responder

    Ao prezado Centro: O PPS não ficou sem candidato, optou por ficar sem. São essa coisas da política que jamais se entende. O PPS sempre se disse de oposição ao Requião e ao Beto e aos 45 minutos do segundo tempo voltou-se de armas e bagagens aos braços do prefeito mas continua a bater no governador. A atitude do Partido não convenceu muitos de seus militantes que até agora não entendem como tal pode ter acontecido. Muitos não engolem aquela famigerada coligação em 2006 com os DEM e agora com o PSDB. Falam em projeto futuro mas aquilo lá vive de esperar o futuro sem lutar no presente. Na verdade, o PPS não tem uma explicação convincente para o absurdo dessa coligação. Enfim, ficou sem candidato andando à reboq

Comente