Uncategorized

Deputados decidem: vão demitir os parentes.

A Comissão Executiva da Assembléia Legislativa do Paraná se reuniu hoje de manhã para oficializar o que todos já sabiam. Todos os deputados estaduais terão que demitir os parentes contratados na Casa. Sem choro, nem vela. Tudo para cumprir a súmula expedida pelo Supremo Tribunal Federal que proíbe o nepotismo na administração pública.

“Não há na súmula um prazo estabelecido para que ela seja cumprida, porém contamos com o bom senso de todos os deputados, que serão comunicados oficialmente na sessão plenária de hoje, pois não há necessidade de se protelar nada”, disse o presidente da Assembléia, Nelson Justus (foto).

Os deputados que têm parentes empregados são: o presidente Nelson Justus (DEM); o líder do governo, Luiz Claudio Romanelli (PMDB); Nereu Moura (PMDB); Fernando Ribas Carli Filho (PSB); e Felipe Lucas (PPS).

6 Comentários

  1. NÃO FOI POR DECISÃO DOS DEPUTADOS,
    É A LEI QUE OS OBRIGA DEMITIR. PORQUE POR ELES …

  2. Conversa para boi dormir, porque a lei já existe há tempos e só agora esses tralhas dizem que vão fazer alguma coisa!?!?

    E são sempre os mesmos envolvidos em falcatruas, para variar o deputado-mor do governo LC Roubanelli encabeçando a lista.

    Fora Roubanelli!

    Impeachment de Requião Chaves já!

  3. A sugestão é a seguinte: próxima eleição e vamos demitir todos estes deputados, seja por prestigiarem o nepotismo além do último minuto, seja por aprovarem lei de suas aposentadorias custeada com o dinheiro do povo, seja por serem submissos à vontade do governador de ocasião de nomear seu irmão à vaga vitalícia no Tribunal de Faz-de-Contas, seja por nem sequer cumprirem sua própria lei interna, o Regimento Interno da Assembléia deixando de processar o deputado fura-catraca Romanelli, cujos prejuízos aos postos de pedágio será cobrado do bolso do povo. Só aqueles que não compatuaram com estes descalabros merecem nova avaliação dos eleitores, os demais não devem ter perdão. Fica a sugestão.

Comente