Uncategorized

Gleisi promete Secretaria da Mulher


Gleisi e mulheres negras, foto de Carlos Ruggi

Pelo menos 600 mulheres são vítimas de agressão por mês em Curitiba. A Prefeitura de Curitiba oferece quarenta vagas em um abrigo público para dar apoio e proteção a essas mulheres e seus filhos em toda a cidade. Como elas podem levar seus filhos e permanecer no local até três meses, o número de vagas oferecido se tornou insuficiente.

“Isso é um desrespeito à mulher, um desrespeito à lei e uma inconseqüência com a sociedade como um todo. A violência doméstica produz violência externa, pois a criança que cresce em um ambiente violento aprende o que vê e reproduz. Sem prestar assistência a essas mulheres e a seus filhos, vamos gerar mais problemas para o futuro. Em nossa administração vamos criar a Secretaria da Mulher para articular políticas públicas de proteção e promoção para elas”, diz a candidata à Prefeitura de Curitiba Gleisi Hoffmann, do PT.


Gleisi explica que a Secretaria da Mulher vai atuar de forma articulada com as demais secretarias municipais principalmente nas áreas da saúde, educação, segurança, trabalho e renda, habitação e assistência social. A secretaria vai elaborar projetos e diagnósticos sociais, acompanhar e controlar os convênios em execução e firmar convênios público-privados e com o terceiro setor.

A candidata também afirma que serão criados em cada Núcleo Regional, Centros de Referência de apoio às Mulheres, em especial, às em situação de violência e Casas-Abrigo. Dentro do Programa de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e Sexual Gleisi vai implementar a Rede de Atendimento para prevenir e combater à violência contra mulheres; promover uma ação integrada com a Secretaria de Defesa Social, com os Centros de Referência e demais secretarias e com terceiro setor, e, capacitar profissionais para atender mulheres vítimas de violência;

Desde sua gestão como diretora financeira da Itaipu, Gleisi investe no cuidado à mulher. Em sua administração, ela afirma que a violência contra a mulher será tratada com políticas públicas efetivas. Segundo a candidata, a atual administração não garante mecanismos de proteção para esse tipo de agressão.

12 Comentários

  1. Se ela parar para pensar e olhar bem para o organograma da Prefeitura, vai ver que já existe algo que atende as necessidades. Só que não com esse nome.

  2. Era de se esperar que a candidata Gleisi, do PT, defendesse em algum momento de sua campanha as propostas do movimento de mulheres para o enfrentamento da violência de gênero, a aplicação da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06) e a criação da secretaria de políticas para mulheres.
    Agora, afirmar que a Prefeitura de Curitiba desrespeita a mulher, a lei e é inconsequente com a sociedade é prova do desconhecimento do trabalho realizado, desde 2002, pela Secretaria Municipal de Saúde e inúmeras parcerias com o Programa Mulher de Verdade/Protocolo de Atenção à Mulher em Situação de Violência, que acolhe, presta assistência, encaminha para outros órgãos competentes (inclusive para a Pousada de Maria – casa abrigo com excelentes instalações) as mulheres que sofrem violência, e em caso de violência sexual oferta a anticoncepção de emergência e se necessário realiza nos hospitais de referência o aborto legal e seguro. O referido Programa, aliás, acabou de receber menção honrosa da Presidência da República na premiação dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.
    Maria Goretti David Lopes
    Enfermeira/Ex-coordenadora do Programa Mulher de Verdade/Candidata a Vereadora pelo PSDB.

  3. Taí, aquela bicha que é candidata a verador pelo PT, vai ser a Secretária da Mulher…eeheheheheeh, mulherada do PT, só voceis mesmo para aguentarem …

  4. A DESESPERADA ESTÁ PROMETENDO TUDO … TUDO POR UM PONTINHO PERCENTUAL … ATÉ ONDE VAI A VAIDADE …

  5. Sra.Gleisi a proposta é boa,mas, somente vingará quando a sra. for candidata a senadora pelo PSDB, então a sra. realmente será ouvida,pois,a turma que lhe rodeia so dá rasteiras,e, em 2010 eles procurarão sabotar sua eleição também,como acontece hoje, já fiz um comentário outro dia, quando era a turma que apoiava o sr. Vanhoni a garra era bem maior, agora descarecterizou a campanha dos vermelhinhos, parece que até a grana é menor….Olho Vivo Neles sra.Gleisi 2010 está aí…

  6. Essa Gleisi só dá bola fora. Não conhece Curitiba e o PT não tem quadros qualificados para darem respaldo a despreparada coandidata. E aí ela engole tudo. Tá ruim Greizi!

  7. Vigilante do Portão Responder

    como essa turma do PT gosta de criar cargos. O companheiro Lula tem 40 ministérios, o Requião 35 Secretarias. Só cabide de emprego para os parentes e para os companheiros.
    Todo desocupado do Pt e parente do Requião, querem uma boquinha no governo.

  8. Para abrigar a tchurma do PT tem que se criar várias Secretarias novas: da mulher, do homem, dos GLBS, do morador de rua, da primavera, do verão, do outono, do inverno, etc.., quem não tem Propostas sérias incha o quadro de funcionários comissionados!
    Graças a Deus não ganha nem a pau, Juvenal!

  9. Vigilante do Portão Responder

    Mais uma proposta vazia, Criar cargos, gastar dinheiro, para pouca produção.
    O Lula tem vários ministérios assim.

    Outra idéia furada é o do “bilhete inteligente”. Não funciona.

    Vejamos:

    Se apanho o Expresso no Portão, vou até o centro, desembarco e vendo meu bilhete para outro passageiro, este vai até o Sta. Candida e vende o bilhete para um passageiro que volta ao centro.
    Foram 3 passageiros usando o mesmo bilhete, tudo dentro das duas horas.
    Quem parará o prejuízo do sistema?
    A situação acima, vai ocorrer milhares de vezes ao dia, pois se a passagem vale por duas horas e o passageiro que vai ao trabalho, sabe que só retornará no final da tarde, certamente vai vender seu bilhete. Situação idêntica já ocorreu em outros lugares quando tentaram implantar sistema semelhante.
    É uma ótima idéia, principalmente para os espertinhos. Aposto que teremos cambistas especializados em ficar na porta dos tubos, para fazer a intermediação das passagens, Comprando por 1,20 e vendendo pr 1,50.
    Fácil, não é verdade?
    Cem passagens por dia, darão renda de R$30,00 para o malandro, na boa. KKK

    Mais uma idéia brilhante do marqueteiro da Gleisi. KKK

  10. O PovoSegunda-feira, 8 de Setembro de 2008 – 15:07 hs
    Para abrigar a tchurma do PT tem que se criar várias Secretarias novas: da mulher, do homem, dos GLBS, do morador de rua, da primavera, do verão, do outono, do inverno, etc.., quem não tem Propostas sérias incha o quadro de funcionários comissionados!
    Graças a Deus não ganha nem a pau, Juvenal!

    Olha esse então, tá demais em Fabio, continue assim, ótimos parâmetros de linguagem!!!

  11. Vigilante do PortãoSegunda-feira, 8 de Setembro de 2008 – 18:05 hs
    Mais uma proposta vazia, Criar cargos, gastar dinheiro, para pouca produção.
    O Lula tem vários ministérios assim.

    Outra idéia furada é o do “bilhete inteligente”. Não funciona.

    Vejamos:

    Se apanho o Expresso no Portão, vou até o centro, desembarco e vendo meu bilhete para outro passageiro, este vai até o Sta. Candida e vende o bilhete para um passageiro que volta ao centro.
    Foram 3 passageiros usando o mesmo bilhete, tudo dentro das duas horas.
    Quem parará o prejuízo do sistema?
    A situação acima, vai ocorrer milhares de vezes ao dia, pois se a passagem vale por duas horas e o passageiro que vai ao trabalho, sabe que só retornará no final da tarde, certamente vai vender seu bilhete. Situação idêntica já ocorreu em outros lugares quando tentaram implantar sistema semelhante.
    É uma ótima idéia, principalmente para os espertinhos. Aposto que teremos cambistas especializados em ficar na porta dos tubos, para fazer a intermediação das passagens, Comprando por 1,20 e vendendo pr 1,50.
    Fácil, não é verdade?
    Cem passagens por dia, darão renda de R$30,00 para o malandro, na boa. KKK

    Mais uma idéia brilhante do marqueteiro da Gleisi. KKK

    Esse cara deve ser um expert em Logistica.

    Não, não ele é expert em Malandragem!!!

    Esse tal de Vigilante do Portão, trabalha na Prefeitura desde a época na qual o Cassio foi pro Japão a “trabalho”, quando o Alberto Richa (garoto propaganda) entrou pra se lançar, reduzindo a passagem do transporte coletivo.
    E quem que fez o cálculo de redução? ele mesmo o Vigilante do Portão

Comente