Uncategorized

“A imoralidade não está no cargo ocupado, em si, mas na forma da ocupação”

Trecho da decisão do juiz Jederson Suzin ao suspender Eduardo Requião dos cargos públicos.

5 Comentários

  1. Se o juiz condenou esta forma de ocupação do cargo, o outro irmão está logicamente ameaçado e deve – para respeito à lei – cair fora. Fora.

  2. O posicionamento desse juíz é um soco na boca do estômago, do grande nepotista Roberto Requião de Melo e Silva, o maior nepote já visto na história política do Estado do Paraná. Uma afronte a população ordeira deste Estado tão pessimamente administrado!

  3. Olha, estou abismada em saber que o ISS do Porto de Paranaguá não é pago a Prefeitura, pois como o próprio nome já diz é IMPOSTO. Já pensou se todas as pessoas resolvessem não pagar os impostos porque não gostam do governo? Fico pensando o icms sendo recolhido por uns e por outros não, ou quem sabe o imposto de renda, não sendo retido na folha de pagamento das empresas por parte de seus empregadores por não gostarem do governo e por aí vai…É mas para o cidadão a regra é outra, rsss….

  4. Gostei da corajosa decisão do Juiz. Mas quem, de maneira honesta, acredita que o Tribunal de Justiça, não reforme a sentença?

  5. Deu na Gazeta do Povo
    Richa se diz contra o nepotismo e não sabe se mulher e irmão voltam ao governo
    Se for eleito. “Não pensei se os dois vão voltar para o governo municipal. Sinceramente não pensei nisso”, disse.

Comente