Uncategorized

Oficial de Justiça não encontra Requião, Eduardo e Marés

O Oficial de Justiça João Amaro, da 1ª Vara da Fazenda Pública, não consegue citar os réus Roberto Requião, Eduardo Requião e Carlos Marés, para dar conhecimento da decisão do juiz Jederson Suzin, de que Eduardo está impedido de exercer as funções de Secretário de Estado dos Transportes e de Administrador dos portos de Paranaguá e Antonina.

O Oficial de Justiça foi à secretaria de Transportes e ficou sabendo que Eduardo nunca apareceu por lá. Nem para tomar cafezinho. Quem continua no comando, na mesma sala de secretário, é Rogério Tizzot, que agora seria secretário especial de administração de estradas, ruas e passagens.

11 Comentários

  1. Fica, Beto
    16 Set 2008 – 14:23
    Do Goela de Ouro:

    Da trincheira oposicionista, o primeiro lugar na parada é o que segue. O prefeito Beto Richa está sendo desafiado pela população a ficar na fila dos postos de saúde de madrugada para marcar consulta, a ficar na fila de espera por um cardiograma, a ficar dentro de um ônibus num horário de pico, a ficar um mês morando dentro das casas que a Cohab constrói com um pouco mais de 20 metros quadrados, a ficar em cima de uma cadeira de rodas e passear pelo centro da cidade por mais de uma hora e a ficar nas ruas do Sítio Cercado sozinho depois das 22 horas. Se ficar em todos esses locais e atingir grau de satisfação 8,5, ganha passaporte para ficar mais quatro anos na prefeitura de Curitiba e completar 12 anos no Executivo da cidade.

  2. Fábio, avisa o Oficial de Justiça João Amaro que o réu Roberto Requião estará em Francisco Beltrão amanhã, ao meio-dia. Não tem errada, é só procurar pelo candidato a prefeito Antônio Canelmo Neto (que não se elege nem com o apoio do governador) e encontrar o Requião. Vai ser uma festa de dar água na boca, sim, porque o churrasco feito pelos sudoestinos é de muito boa qualidade. Em tempo: Eu não vou, não fui convidado para essa festa pobre. Porém, quinta-feira à noite estarei lá prestigiando o amigo dr. Kit Abdalla que estará lançando o seu primeiro livro – “Um médico pelos caminhos do mundo”. Até mais!

  3. Me conte uma coisa Campana!
    como tá o “NERO ROQUE” X OS PATETAS DO PALACIO IGUAÇU¿
    que baixaria né, será que temos governador ainda, e o Minotauro que o Roque falou, disse que tem uma corja no Palacio¿….credo Fabio, que Estado é ess¿

  4. Xi Fabio até União da Vitoria ta contra o Governador, ou será o Contrario¿…dizem as más lionguas que o governo do Estado, esta apoiando um candidado do PT…..xiiiii, dizem que o Candidato, do PMDB de União da Vitória, ta brabo porque não recebe apoio do Requião…..acho que requião oPTou por outro prefeito……xiiiiii

  5. Rezzardi, não esquecer que o Oficial de Justiça tem de ir disfarçado de petista. Não tem erro, é só fazer aquela cara de sonadão que errou na dose de caninha 51 que é capaz de ser convidado até para visitar o comitê lá em Francisco Beltrão e tomar mais uma caninha.

  6. Aconteceu com outro Oficial de Justiça – igualmente não encontrou o Presidente da Assembléia ou o então candidato à vaga de Conselheiro do Tribunal de Contas (se não me engano) num processo recente e foi enquadrado pelo Juíz de Direito. Estranho que estas “autoridades centrais” estejam quase todo dia na crista da onda e oficiais de Justiça não as encontrem. Nada contra os oficiais de justiça que prestam inestimável serviço público na administração da Justiça, mas quando se trata dos assim ditos “poderosos” (mesmo temporários) é preciso ser implacável.

  7. Será que o oficial de justiça não sabe que toda terça-feira pela manhã existe uma Escolinha no Museu do Olho e que lá ele encontraria as referidas “otoridades” que procura!
    Tenha a Santa Paciência, tem alguns Oficiais de Justiça que pelo amor de Deus, se forem atrás de uma tartaruga é capaz dela fugir e ele não achar rastro!

  8. É Teodoro, vejamos todos o desplante a que chegou o centro do poder administrativo estadual no Estado em face do povo que lhes pagas régios salários. Autoridades públicas que não se fazem encontradas nos seus lugares de trabalho e oficiais de justiça que vão em lugares onde as ditas autoridades públicas não estão ou não se encontram ou não se fazem encontrar. Até quando ?

  9. Todos os personagens citados são encontráveis na memorável terça-insana, realizada no Museu Oscar Niemeyer. Chegando às 07:30 horas, ainda ganha uma citação na TV do Requião, talvez não muito elogiosa. Dá também para chegar pelas 09:00 horas, mas perde o direito ao comentário. Na dúvida, peça ao Juiz para citar por Edital.

  10. Ao final, o texto da nota está errado: o Tizzot é secretário especial de administração de estradas, ruas e pastagens – com especial ênfase nestas últimas.

Comente