Uncategorized

Beto na Veja: o tucano que voa alto

Beto Richa está praticamente reeleito em Curitiba diz a matéria de Igor Paulin, publicada na Veja que está nas bancas e que você lê aqui.

Se as urnas confirmarem os resultados das pesquisas eleitorais, o prefeito de Curitiba, Beto Richa, terá uma das maiores votações proporcionais do país. Todas as aferições indicam que o novo mandato do tucano será endossado por, pelo menos, 70% dos eleitores curitibanos. Juntos, seus adversários poderão ter menos de 20% (veja o quadro). Esse resultado o deixará a um passo de conquistar o governo do Paraná em 2010. “É o favorito para a sucessão estadual”, diz o deputado Gustavo Fruet, também tucano. Richa suou para atingir os níveis atuais de popularidade. Chegou ao poder em 2005, depois de uma campanha dura, na qual derrotou o PT no segundo turno. Uma vez eleito, aumentou sua taxa de aprovação submetendo seu programa de obras nos bairros à população local, um expediente inspirado nos orçamentos participativos do PT. A estratégia deu resultado, mas a aprovação de Richa só disparou em 2007, quando ele rompeu com o governador Roberto Requião, um ralo que escoa a popularidade de qualquer político no Paraná.

Longe de Requião, Richa erigiu sua reputação de bom gestor. Uma pesquisa feita pelo Datafolha neste mês mostra que ele é o mais bem avaliado entre oito prefeitos de capitais. Ganhou nota 8, à frente de líderes de aprovação, como o petista Fernando Pimentel, de Belo Horizonte. É tão bem avaliado que sua principal adversária, a petista Gleisi Hoffmann, agora só pede aos curitibanos que adiem sua decisão para o segundo turno. Antes disso, Gleisi, que está a 57 pontos do prefeito, tentou atacar a atual administração. Criticou o transporte, a saúde e a educação. Além de não atingir Richa, feriu o que o eleitor curitibano mais preza: a boa imagem de sua capital. A reeleição fácil de Richa fez com que os cardeais tucanos corressem a Curitiba para tirar uma casquinha de sua popularidade. Os governadores José Serra, de São Paulo, e Aécio Neves, de Minas Gerais, já foram. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, idem. A cúpula do DEM também compareceu.

15 Comentários

  1. JoãoMariaDeAgostinho Responder

    Se Beto pensa em passar a perna em Osmar e concorrer ao Palácio Iguaçu, é melhor pensar duas vezes. Pois, ao contrário do que pensa esse povo da cidade grande, o Paraná não vai até Ponta Grossa, vai mais além. É preciso do aval do campo para eleger o governador do Paraná.

    Acompanhei a campanha de Beto pelo Governo do Estado em 2002. Lerner e o pai, José Richa, faziam a campanha. Beto não parecia muito entusiasmado com os desafios do interior. Em Pato Branco, por exemplo, ele deixou Richa pai e Lerner sozinhos na carreata e foi tomar um picolé na Livraria Letra.

  2. “Criticou o transporte, a saúde e a educação. Além de não atingir Richa, feriu o que o eleitor curitibano mais preza: a boa imagem de sua capital.”

    Será que agora que a veja explicou ela conseguiu entender ou será preciso desenhar?

  3. CURITIBA É DE UMA MAIORIA DE UM POVO ORDEIRO, E O PARANÁ TAMBÉM.
    ORDEM E PROGRESSO E SUCESSO.
    DÁ-LHE BETO.

  4. O BETO É HOMEM DE PALAVRA QUE CUMPRE E HONRA COMPROMISSOS ASSUMIDOS.
    NÃO VAI PASSAR A PERNA EM NINGUÉM.
    O BETO TERMINARÁ OS QUATRO ANOS DE GESTÃO NA PREFEITURA. TEM MUITA COISA QUE SÓ ELE TEM COMPETÊNCIA PARA FAZER.
    EM 2010, A FERNANDINHA RICHA SE ELEGE (FÁCIL) DEPUTADA ESTADUAL.
    O GUSTAVO FRUET PODERÁ ESCOLHER, REELEGER-SE DEPUTADO FEDERAL OU SENADOR, NA VAGA DO OSMAR DIAS QUE DISPUTARÁ E ELEGER-SE-Á GOVERNADOR EM 2010.
    EM 2012, O BETO ASSUME UM MINISTÉRIO NO GOVERNO FEDERAL, E DISPUTARÁ A ELEIÇÃO PARA GOVERNADOR EM 2014, CONCORRENDO COM A CAMPANHA A REELEIÇÃO DE OSMAR DIAS.
    É ISSO.

  5. QUEM MAIS SE BENEFICIA COM A REELEIÇÃO DE BETO RICHA, E A CIDADE DE CURITIBA E SUA ORGULHOSA POPULAÇÃO!

  6. O guardiao, tomara que esteja correto. Furar o olho nao faz parte do comportamento Richa/Dias/Fruet. Nao gostaria de ve-los se comportando como petistas.

  7. Que Orgulho
    Temos que eleger o Beto com a maior votação da história desta cidade e dar uma resposta para o Requião e todo este pessoal que prefere a tirania à participação do povo!

  8. João Maria de Agostinho, vá contar esta da Livraria Letra pra outros. Lá é como aqui na Boca Maldita e todo politico que vai a P,Branco tem que dar o ar da graça no centro de fofocas da city. Perder uma eleição e ter uma aula de politica, pergunte para o próprio Osmar se ele não aprendeu que perdeu a passada pelos erros que cometeu..Todos estes palpites e advinhações e achismos que este do GUARDIÃO, vão ser superados pelos fatos politicos e a realidade que se formará depois da eleição dos novos prefeitos.
    Para ser o candidato apoiado pelos tucanos o Osmar tem que superar vários obstáculos. Por exemplo. Tudo indica que o candiato a
    presidente dos tucanos será o Serra. Pois bem em 2004 o Serra, no segundo turno ficou sem candidato a governador aqui no Paraná porque o Alvaro Dias, caindo na conversa do finado Carvalhjinho tentou apoiar o Lula e este ppreferiu indicar o REIquião. Desta vez o Serra e a cupula tucana vai exigir um candidato do partido ou um aliado a nivel nacional para apoiar a campanha presidencial que é a mais importante para os tucanos. Então o Osmar, para ser candidato com apoio do Beto, terá que apoiar o Serra, ainda mais agora que tem fidelidade partidária. Ora sendo o PDT da base do Lula, quem acredita que o PDT, que tem o ministério do trabalho vai largar do poder para apoiar a oposição e que o PTB e seus aliados vão permitir isso?
    Estes fatos e circunstancias é que vão definir quem será o candidato a governador pela oposição no Paraná. o PSDB tem 3 nomes de peso, BETO RICHA o melhor prefeito do Brasil, Gustavo Fruet o melhor deputado federal e Alvaro Dias um dos senadores de maior destaque no Senado. Todos são campeõs de voto, sem falar ainda no Rubens Bueno. A candidatura do Beto não é promovida por ele, mas está nascendo espontaneamente do povo e principalmente do interior do estado, impressionado agora com o volume de obras que o Beto realizou e que só agora pela Tv está tomando conhecimento. Outro detalhe importante é a capacidade de articulação do Beto em não se desfazer dos seus aliados, tanto que manteve o Duci na vice. Portanto se ele pressionado pelos fatos tiver que ser o candidato a governador em 2010, com certeza vai se compor com o Osmar para assegurar a sua reeleição com tranquilidade. E dependendo de como o quadro se armar para a eleição do Senado (e como o Pessutão vai se comportar), vamos assistir o REIquião, dar uma de Maluff e não se arriscar a uma derrota provavel, para ser candidato a Dep Federal.

  9. O GUARDIÃO deve ser um puxa-saco do beto.
    Que ele irá trair ninguém tem dúvida.
    O senador Osmar sabe disso e tenta manter esta frágil aliança – lembra da briga do Osmar contra a indicação do vice do beto? O osmar enguliu a imposição sem água. No seco. Teremos muitos outros lances semelhantes.
    Cuidado Osmar!

    Priscila

    Você já andou numa favela, abandonada pela Prefeitura? Visite

  10. JoãoMariaDeAgostinho Responder

    Romerito,

    Você sabe onde fica Pato Branco? Lá a política não é como em Curitiba. Lá você esbarra nos candidatos ao caminhar pela rua, conversa com os vereadores no Café da Letra, chama pelo primeiro nome. É outra realidade. Lá não tem jantar do milhão, tem reunião no centro comunitário da igrejinha. E são pelo menos uns 200 municípios no estado que são assim…

    A rejeição a um político da cidade é nivelada pela relação que a família do eleitor tem com ele. E essa empatia costuma se arrastar, para bem e para mal, com tudo o que o político faz. Inclusive com quem esse político apóia para o Governo do Estado.

    Além disso, Beto mostrou até agora que sabe administrar uma capital… mas um estado inteiro? É bem diferente. Veja o caso do Lerner e as gestões na prefeitura e no estado. A comparação é sofrível, chega a dar dó. Não por acaso a Folha de S.Paulo divulgou, no final dos mandatos dos governadores em 2002, pesquisa sobre a satisfação do cidadão com o governo do estado. E LERNER??? Bem… era o último. O PIOR GOVERNADOR DO BRASIL. Isso, é claro, ninguém lembra.

    E é claro que não seria saudável para o Beto Richa desafiar Osmar Dias pois, além de ficar com má fama, ainda correria o risco de perder, e feio. Imagina o Beto sozinho lá em Pato Branco, sem o Osmar para apresentar ele para o seu zé, a dona maria, que já conhecem o trabalho dele há pelo menos duas décadas?? Lá no interior o Beto Richa é como um Aécio Neves, o pessoal vê na TV que o cara é foda e que tem 80% de aprovação, mas ninguém sabe nada dele. Não pense que será assim tão fácil. Beto não tem chances contra o Osmar.

    Mas o problema é que estamos falando de PSDB, e aí tudo pode se esperar. Quem me garante que ele não vai quebrar com o Osmar? Pois se o próprio Serra assinou em cartório que não renunciaria para concorrer as eleições… e teve a cara de pau de fazê-lo?? O próprio Osmar já percebeu isso e lançou a candidatura para 2010 ainda em 2006. Recentemente anunciou que é candidato com ou sem o apoio do Beto.

    Eu só acredito vendo.

    E se o Cristóvão Buarque sair candidato à presidência? Hein? Hein?

  11. Esse Guardião dorme no serviço e tem pesadelos, já pensaram se isso que ele escreve se concretizar. Tirando o Fruet o resto que ele esta prevendo é desgraça.

  12. Olho Vivo, você tem provas de que a publicação na Veja foi paga com dinheiro nosso? Olhe que isso é importante. Que tal denunciar isso ao TRE?
    Não esconda do País inteiro, porque você, escondendo provas do que sabe, pode estar cometendo crime de omissão ou cumplicidade.
    Ficamos aguardando sua manifestação pública.

  13. Luis Carlos (Break) Responder

    Ei v/c JoãoMariaDeAgostinho naquela época estava sendo lapidada mais uma jóia política e v/c sabe que onde o saudoso José Richa deixa seu aval é porque ele já tem a certeza de ter formado mais um aluno homem publico para servir ao povo e assim o fez com Beto Richa e não e por um picolé que se mede o caráter de um homem mas pelas suas ações eu estava la também e me lembro de que aquela parada foi para conversar com o povo ouvir suas reivindicações daquela época. Entes de julgar de forma errada te pergunto já se olhou no espelho hoje?

Comente