Uncategorized

A sorte de Belinati no TSE

O TSE julgou ontem à noite o recurso especial de número 31.942, de Antonio Casemiro Belinati contra o Ministério Público Eleitoral. Belinati ganhou e continua candidato a prefeito de Londrina, onde teve 36,38% dos votos no primeiro turno.

No segundo turno, Belinati disputará com Luiz Carlos Hauly, do PSDB, que teve 23,61%. Barbosa Neto, do PDT, ficou fora do segundo turno com 22,92%, mas se a candidatura de Belinati fosse cassada, todos os seus votos seriam considerados retroativamente nulos. O segundo turno ficaria então entre Hauly e Barbosa Neto.

O PDT fez esforço enorme para derrubar Belinati no TSE. A decisão no TSE foi monocrática. Apenas um juiz decidiu o caso, o ministro Marcelo Ribeiro.

4 Comentários

  1. Só no tapetão, né Responder

    Que coisa feia o senhor Barbosa Neto recorrer a este expediente de derrubar a vontade do povo no tapetão acarpetado de Brasília.
    Diz que é homem do povo mas não respeita a vontade soberana dos votos do povo.
    Pede para sair e não volta mais, Barbosa Neto.
    Será que o Osmar Dias sabe disso!

  2. Se o povo o quer novamente, não cabe ao Judiciário questionar. Essa prerrogativa é minha, é tua, é nossa. Mas ainda bem que eu moro em Curitiba…

  3. O povo de Londrina tem muita coragem!!!!!!! como conseguem acordar no domingo e votar em um politico deste!!!! Parabens Londrina!!

Comente