Uncategorized

Copel multada por serviços sem qualidade

Da coluna do Celso Nascimento, na Gazeta do Povo:

A Copel foi multada pela Aneel em R$ 30 milhões por não ter cumprido metas de qualidade em seus serviços, mas, conforme a empresa anunciou, firmou acordo com a agência para não pagar a multa e, em contrapartida, investir o dinheiro em melhorias do sistema de modo a evitar as mesmas deficiências. Nesse caso, a partida ficou em zero a zero e ninguém perdeu nada?

Ledo engano, informa uma fonte de dentro da Copel – cujo nome a coluna preserva. Segundo essa fonte, a empresa e seus acionistas vão arcar com um prejuízo adicional de R$ 38,5 milhões, porque, pelas normas da Aneel, a Copel não poderá contabilizar o investimento de R$ 30 milhões, decorrente da multa. Com isso, terá perdas tarifárias, tributárias e contábeis que mais que dobram o valor inicial da punição, conforme a alentada demonstração técnica que a fonte fez questão de desenvolver.

12 Comentários

  1. luis carlos (break) Responder

    a qualidade do serviço da copel se mede pela qualidade do governante do nosso Estado. nhuma

  2. Foi para isto que o Reiqueijão brigou quando da “luta” para a Copel continuar pública?
    E a Sanepar como estará?
    Enquanto isto a Ítala mama na teta?
    Ei nepote, pede prá sair!

  3. Em verdade quem tem que levar uma pesada multa é a Brasil Telecom. Essa sim, precisa acertar o prumo para com os consumidores. Serviço precário, atendentes mal-humorados, quando é para cancelar o serviço o tempo de espera beira o absurdo (fiquei 52 minutos para cancelar minha linha), etc. Simplesmente horrível.
    Saudades da TELEPAR…
    Abs.

  4. O serviço está horrível, o problema das estatais é a falta de qualificação das diretorias e dos conselhos.

    Pô, se o cara perde a eleição/ é incompetente que va estudar, e não atrapalhar o bom desempenho de estatais

  5. A verdade que nesse governo, a Copel só está com alta lucratividade pq é a única no ramo aqui no estdo do Paraná, por tanto à um monopólio de energia.
    E havendo um monopólio, não haverá preocupação com a qualidade da empresa, tornando-se uma empresa deficitária, principalmente com o atendimento aos seus cliente.
    Essa história de que a Copel é nossa é pura besteira e piada de mal gosto desse governo porco e hipócrita, pois todos sabem q o dinheiro da tarifa da Copel não está sendo aplicado em melhorias.

  6. Rafael Filippin Responder

    A COPEL vem comentendo várias falhas no cumprimento de suas obrigações como concessionária de serviço público. Seja na geração de energia, seja na distribuição. As falhas ambientais são evidentes na geração. Mauá, Salto Caxias, Figueira são apenas alguns exemplos. E com relação à distribição, o problema é o descumprimento de ordens judiciais e regulatórias da ANEEL. Até quando as estatais colocar-se-ão acima das leis e se mostrarão mais poderosas do que as autoridades que deveriam comandá-las?

  7. Estevão
    Saudades da TELEPAR????

    Vc deve ter menos de 30 anos e com certeza não enfrentou 5 anos de fila para conseguir uma linha telefônica ,além do que o atendimento da telepar levava dias para ser atendido.
    Se vc não estiver satisfento com a Brasil Telecon, é simples, mude para a concorrente, aqui na região de Curitiba tem pelo menos 2 concorrentes da Brasil Telecon.

  8. De que me adiantaria pagar a mais baixa conta de telefone do mundo, se para ter uma linha eu teria de esperar 5 anos?
    A privatização foi boa sim, embora esteja prevalecendo hoje o corporativismo à sombra da Anatel que não atende os justos reclamos de usuários queixosos. Experimentem mandar um email à Anatel reclamando dos maus serviços da Brasil Telecom. Curiosamente, hoje a BrT manda naquela agência reguladora.

  9. FABIO.
    Você, assim como eu, conhecemos bem o Requião. Tudo, qualquer pagamento de qualquer órgão do Estado, tem que passar pelo seu Gabinete, e o acordo feito com a ANEL, para investimentos em correções de conduta de qualidade acabou dependendo do gov. Requião com certeza, ele simplesmente não assinou a dita liberação dos recursos de correção. É o que penso e deduzo. Caso contrário, fica o desafio a Diretoria da COPEL p/ explicar o que aconteceu? QUEM FOI QUE DESCUMPRIU O ACORDO COM A ANEL? Agora, quem vai pagar a conta eu sei…….como sempre é o “povão”…..Eu, tú, nós, vós, eles……..
    LINEU TOMASS.

Comente