Uncategorized

Romanelli tenta requentar candidatura presidencial

Na falta de assunto, o PMDB tenta requentar o ragu da candidatura presidencial de Requião. O líder Luiz Cláudio Romanelli acredita que essa é uma das poucas maneiras de reaproximar o Duce dos paranaenses.

Diz ele: a força dos mais de 34,5 milhões de votos, 1.201 prefeitos e 8.493 vereadores eleitos em outubro, a maioria nas bancadas no Senado, na Câmara dos Deputados e nos legislativos estaduais colocam o PMDB como principal protagonista nas eleições de 2010. Ora, pois, não estaria na hora de inventar algo novo para animar o velho de guerra.

Foto: Denis Ferreira Netto

15 Comentários

  1. Ao elegermos os representantes, não há como saber se eles irão desempenhar seus papéis de forma que o Estado crie condições adequadas aos setores produtivos, melhorando arrecadação etc…. Atualmente nos deparamos com uma crise, ainda numa condição psicológica, algumas empresas com problemas de liquidez já encontrou o motivo de sua incompetência,…. nesse momento deveriam convidar o IPARDES, com seus técnicos e passar aos deputados a dimensão do caos eminente, para que sejam tomadas medidas legais de proteção ou até mesmo incentivo à economia paranaense. A questão é saber se os deputados escolhidos encontram se capacitados para os desafios, se uma mera redução de alíquota, em alguns produtos já está causando celeuma, sendo que o problema mesmo para melhorar o caixa é combater a sonegação fiscal, o caixa dois de muitas empresas com desempenhos fabulosos, sustentados pela sonegação fiscal. Isto sim, já é uma prova de que temos representantes fracos e míopes inversamente proporcional a grandeza do Paraná. Apesar de não termos muitas escolhas, como poderiamos demitir ou exonerar, retirar a procuração de seus mandatos. O fato é que vivemos uma letargia, sem contar aqueles faltosos e ainda sem justificativas. Por isso a velha frase de que o Brasil não é um país sério.

  2. Café da manhã no Hotel Nacional, Requião e todo o primeiro escalão seguiriam para o Congresso enfrentar Quércia pela candidatura à presidencia:
    – Quem fez esta M…? Cadê o Romanelli? – o chefe esbravejava sem tirar os olhos do folder em papel nobre com o título “Cem por cento de esgoto tratado”, igual aqueles de vendas de aptos., um luxo só.
    Silêncio sepulcrau… Doutor Mário Pereira se arrisca:
    – Talvez seja melhor nem distribuir na convenção.
    Enquanto partiam para a próxima cena alguém pega um dos luxuosos folhetos e identifica a gráfica:
    – Presentinho da Clichepar…

  3. Mirosmar da Paixão Responder

    A falta de cabelo do Romanelli tá ligada diretamente a falta de cérebro dele.

  4. Requiao = Presidente
    More1%ra = Prefeito
    Doatico + Vereador

    Tudo perfeito no mundo d faz de conta!

    hauahuahuahuahuahuahuahua

  5. Tudo que sobe, desce. Depois da pretensa vitória do PMDB nas eleições municipais, se o partido seguir o que propaga o Romanelli, ou seja, a candidatura do Requeijão para a Presidencia da República, este mesmo partido irá experimentar a mais fragorosa derrota de toda a sua vida. O Requeijão não se eleje nem inspetor de quarteirão. Será mais ou menos parecido com a candidatura do Moreira.

  6. Requião para Presid…….iário em 2010!

    Roubanelli pula-catraca continua delirando.

    Bob Rejeitão é uma ilha dentro do PMDB, ilha a ser ignorada pelos verdadeiros caciques do partido. Acorda Roubanelli!

  7. SYLVIO SEBASTAINI Responder

    De fato Roberto Requião seria um otimo candidato à Presidente.O dificil é seu nome ser aprovado na Convenção Nacional do PMDB.O PMDB não confia nele, já foi expulso do partido em 1991 quando era Governador, por 108 votos pela expulsão à 4 votos a favor dele.Os 4 votantes não conheciam ele, até disseram que era do MDB, como falou o Senador \Pedro Simon, o que não era verdade, pois ele “nunca” foi do MDB. Acho que até aqui no Paraná ele perde, igual o Ex-Moreira da “Caixa Preta”.

  8. Esse Romanelli é um descarado, depois de pedir dinheiro em casa de bingo na campanha junto com o Caito, vem propor esta agora, o MDB só gosta de uma coisa, vender seus votos por Secretarias e Ministérios.

Comente