Uncategorized

Mexe a panela. Agora a OAB/PR vai participar da CEI dos Grampos

O deputado Fabio Camargo (foto) mexe a panela e tenta incluir cada vez mais ingredientes no prato que prepara, chamado CEI dos Grampos. Comida indigesta para alguns deputados que apostam suas fichas que o cozido vai desandar. Hoje, Camargo conseguiu a garantia de que a Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná participará da investigação.

O presidente da OAB/PR, Alberto de Paula Machado, prometeu escolher um representante para acompanhar os trabalhos da Comissão.

Camargo quer ainda reunir nesta receita a Associação dos Magistrados, o Ministério Público e a Corregedoria do Tribunal de Justiça.

14 Comentários

  1. Esse monstro pode ser daqueles que engole quem menos esperava.
    Pode ser um engenho daqueles que não desliga depois de acionado.
    Ou, pode ser um camondongo, parido por uma montanha.
    Sabe-se como começa mas não como termina.
    De qualquer forma o caldo não cheira bem.
    Prepare-se o IML.

  2. Enquanto isto os grampos do assessor especial da governadoria Rasera estão pendurando o que ?

  3. Na verdade como a campanha deve ter deixado muitas dividas entao precisa arrancar de alguem …pra pagar as contas..

  4. É impressionante como parte da população é ignorante e gosta dessa condição, pois, assim, pode sair criticando td e todos sem o menor embasamento.
    Precisamos de alguém de coragem e conteúdo para acabar c/ essas interceptações telefônicas desenfreadas. Profissionais do Direito, por exemplo, ñ têm privacidade para falar c/ seus clientes, garantindo o sigilo profissional, pois podem estar grampeados. E por aí vai!
    Sem dúvidas, muitas vezes, o grampo é necessário, mas nem por isso pode-se invadir a privacidade das pessoas a torto e a direito, o q/ é isso???
    Além do mais, há de ser respeitado o Estado Democrático de Direito. As investigações devem ser mais criteriosas, cuidadosas. É muito cômodo sair grampeando umas vinte pessoas, invadir a vida dessas pessoas, p/, tentar, chegar a um indivíduo suspeito. Isso ñ é trabalho investigativo!
    Por isso, minha imensa admiração ao Ministro Gilmar Mendes, Presidente do STF, pois foi o primeiro a ter coragem e a combater os desmandos exibicionistas de parte do Judiciário.
    Por fim, parabenizo o Deputado Fabio Camargo por essa iniciativa e digo q/, desde já, acompanharei os trabalhos da CEI e espero, sinceramente, resultados positivos. Deputado, o senhor ganhou um novo admirador!

  5. Seu Fábio:

    Esse moço representa o quê? Fez uma mixórdia de votos e agora posa de grande deputado. Ferrou com o PTB e agora pensa que é o rei da cocada preta.
    Alias, se fosse ele o grampeado, o noticiário seria outro. Não é não?

  6. O homem do mundo dos “negócios” virou cozinheiro. Será que está mudando ou pode ser outra coisa. Vamos dar um tempo para conferir.

  7. Todo mundo sabe que isso não passa de intenção de chantagear alguém para obter dinheiro, achaque, é só isso que esse rato branco sabe fazer, achacar e vender sentenças no Tj.

  8. GRAMPO ILEGAL deve ser combatido. GRAMPO com recheio, tipo ROCAMBOLE, deve ser banido. Pede-se ao Juiz alguns números, como se fossem de determinada quadrilha, mas vão juntos, números de outros interesses. A Concessionária deverá informar ao Juiz, o NOME, CPF e ENDEREÇO DE INSTALAÇÃO do número solicitado. GRAMPO LEGAL, TUDO BEM.

  9. Esse prefeitinho dos bairrrrrrrrrrrosssssss é um pilantra. Peça a opinião dos Trombini……Vá se ferrar, cocalero

  10. É um absurdo, mas vivemos uma “ditadura velada”, onde pequena (felizmente) parte do Judiciário atropela, escandalosamente, o Estado Democrático de Direito.
    Essas interceptações abusivas, sem o menor respaldo, ferem, de forma vergonhosa, pra começar, o direito de privacidade do cidadão. Trata-se de um jeito preguiçoso, cômodo, desrespeitoso e, principalmente, ilegal q/ essa leva do Judiciário arranjou para orquestrar operações exibicionistas, infundadas, precipitadas da Polícia Federal.
    O trabalho dessa parte do Judiciário se resume em: grampear quem quer que seja, de acordo com os “achismos” destes Magistrados; mandar prender, através de operações dignas dos melhores espetáculos; destruir a vida do “suspeito” e, só depois, apurar-se a culpa.
    Onde está o Direito ao Contraditório e à Ampla Defesa? Onde estão as Garantias Constitucionais do Cidadão?
    Por isso, há de se repetir quantas vezes forem necessárias, o Ministro Gilmar Mendes deve ser respeitado e admirado sobremaneira, pois foi o único a ter coragem, seguir com rigor a Lei, e “peitar” os desmandos dessa parte do Judiciário.
    A Associação dos Magistrados e a Ordem dos Advogados do Brasil devem sim, assumir essa luta encabeçada pelo Deputado Fabio Camargo, sob pena de estarem se acovardando diante dessa afronta petulante à Constituição Federal.
    Siga em frente Deputado, faça o seu papél e defenda à população, escancare, coloque a sociedade ciente do que está acontecendo. Continuo torcendo por você!

Comente