Uncategorized

Camargo Côrrea foi uma “mãe” para Beto e Gleisi

A construtora Camargo Côrrea colocou a mão no bolso na campanha em Curitiba. Além ser a principal doadora da campanha de Beto Richa, aparece também como segunda maior doadora de Gleisi Hoffmann. Para Beto doou R$ 300 mil, para Gleisi, R$ 500 mil.

Na prestação de contas ao TRE, o PT foi o responsável por mais de um terço do dinheiro arrecadado e gasto na campanha da petista. Do total arrecadado por Gleisi, R$ 2.380.000,00 vieram do próprio partido. O valor total de arrecadação da campanha do PT foi de R$ 6.515.033,46, sendo que R$ 6.461.995,32 foram gastos na disputa.

8 Comentários

  1. Por aí se vê que o lixo de Curitiba é não é de se jogar no lixo …. deram uma no cravo outra na ferradura para desencargo de consciência … cabeça de juiz e boca de urna ninguém sabe o que sai … mas, é melhor assim do que o sigilo, o segredo, o por debaixo do pano, o por vias transversas, sem dúvida … com o dinheiro deles façam o que bem entenderem …

  2. Interessante a postura da empresa; afinal um seria eleito prefeito com certeza, e o outro(a) é filiado ao partido do governo. Assim não desagrada ninguém, e outras empresas fazem o mesmo.

  3. Vigilante do Portão Responder

    Cadê a relação dos doadores de todos os candidatos?
    Parece a Gazeta do Povo, deu manchete para os doadores do Beto e hoje nem tocou no nome dos patrocinadores da Gleisi ou do Moreira. Uma vergonha, jornalismo medíocre.
    Publicaram de um candidato, deveriam publicar de todos.
    Mais, consta que o maior doador da Gleisi foi o PT, Quem dou a grana para o PT? Não me venham com a lorota que é dinheiro da venda de bótons.

  4. Interessante Fábio. Uma das maiores empreteiras do país coloca mais recursos na campanha da candidata que perderia as eleições. Acho que os ensinamentos de Sidharta fazem muito sucesso em Curitiba.

Comente