Uncategorized

PT planeja buscar ‘aproximação’ com a classe média

De Josias de Souza na Folha Online

O diretório nacional do PT, instância diretiva máxima da legenda, reúne-se nesta sexta (7) e sábado (8), em Brasília.

O encontro tem dois propósitos: avaliar o desempenho do partido nas eleições municipais e traçar uma estratégia para a sucessão presidencial.

Na primeira fase dos debates, um tema monopolizou as atenções: o distanciamento do petismo em relação à classe média.

Coube a Marco Aurélio Garcia, assessor internacional de Lula e vice-presidente do PT, puxar o fio da meada.

Mencionou a existência, em setores da classe média, de um fenômeno que chamou de “sentimento anti-PT”. Algo que, disse ele, a legenda tem de superar antes de 2010.

A tarefa envolve, no dizer de Marco Aurélio, um “esforço intelectual”. Mas é “substancialmente política.”

Nas pegadas de Marco Aurélio, o prefeito petista de Recife, João Paulo, levou o dedo a outras duas feridas que doem na alma do petismo.

Acha necessário que o partido reveja o modo como se relaciona com a imprensa e com as legendas de oposição. Diz que o partido precisa reagir às críticas com naturalida pragmática.

A prevalecer o sentimento expresso nas palavras de Marco Aurélio e João Paulo, o PT dá um primeiro passo importante na resolução de seus problemas. Pelo menos já admite que eles existem.

O partido tem diante de si um desafio extraordinário. Pela primeira vez em 20 anos, vai às urnas presidenciais de 2010 sem Lula.

E não será dando as costas aos setores médios da sociedade ou farejando conspiração em cada centímetro das páginas dos jornais que conseguirá construir um nome alternativo.

9 Comentários

  1. O PT – com exceções de praxe – notabilizou-se, ao assumir o poder, como a nomemklatura do mensalão, dos aloprados, dos sanguessugas, dos desmoriados, do presidente que mentiu para o povo dizendo não saber o que se passava além da porta de seu gabinete. Objetivavam um “comissariado dos mil anos”, mas estavam recheados de incompetentes até para esta finalidade escusa. Deram com os burros n’água ou, se quiserem, os burros deram n’agua. Jogaram a esperança do povo na vala comum do poder pelo poder. Ainda bem que o país navegou até agora em mar de tranquilidade econômica, mas com a procela anunciada, sabe lá onde iremos parar. É lamentável tudo isto porque o Brasil corre atrás do trem da História assolado pela criminalidade já endêmica, sem saúde, educação e segurança públicas de qualidade. As Universidades formam profissionais desmotivados e sem perspectivas, não há emprego disponível, a carga tributária leva quatro meses de trabalho do povo, os juros entopem de lucros os bancos e escravisam o povo e as empresas. Estamos mal e não reagimos. Uma “aproximação” do PT resolve este cenário ? A quem aproveita ?

  2. Só um recado,e sei que não vai funcionar,a aproximação é quase que impossível,pois, é uma das classes que mais sofre com os absurdos e elevados índices percentuais nos impostos,IR 27%, e assim por diante.
    Não adianta , não dá liga, nem que fosse o IR 1% não adiantaria,pois, esta classe é uma das que sabe e muito bem quem é a sra.Dilma ou companheira guerrilheira Estela,ou seu outro companheiro Duas Caras Zé Dirceu ( se é que é esse o seu verdadeiro nome),não esqueceu dos dólares na cueca,mensalão, Correios,Land Rover de presente,milhõe$$$$ do Marcos Valério,o descaso com os acidentes aéreos e assim por diante.Então esqueçam,pois, em 2010 nem pra guardião de rua, e isto inclue o Duce.

  3. Parece que não existiu uma viva alma para lembrar dos autores situação.
    É preço que o PT paga hoje por carregar a herança de Dirceu, Delubio, Paloci e outros “cumpanheros”.
    Distanciamento da “crasse” média e muita proximidade com correios e fundos de pensão.
    Por aqui, a condição de submissão ao rei, que hoje está nú.
    Perdeu a “boa referência”.

  4. O PT está muito próximo da CLASSE MÉDIA. O seu GOVERNO aperta o pescoço da MÉDIA, arrebentando-o com a somatória de impostos e em especial o IMPOSTO DE RENDA SOBRE A PESSOA FÍSICA. Antes a Classe Média mantinha empregadas domésticas, filhos na escola particular, cuidava de genros, noras, netos e um monte de outras tarefas. Hoje, está cortando e não possui nenhum abatimento se estiver fazendo um forçinha. Precisam rever o IRPF sobre o contra-cheque do APOSENTADO/INATIVO/REFORMADO. PT AINDA É TEMPO PARA SOCORRER A CLASSE MÉDIA. O SOCORRO VOLTA PARA A CIRCULAÇÃO. VOCÊS PODEM FAZER.

  5. Nego Véio, assino embaixo. O PT já mostrou a que veio. Não há condições de trato nem acordo entre assaltantes e assaltados.

  6. Com quem?

    Com a classe que eles colocaram na “merdia”?

    É difícil acontecer com o governo do PT mantendo as taxas de juros nos patamares que estão!

  7. Vigilante do Portão Responder

    Não contem comigo. Voto contra o PT, sempre.
    Foram irresponsáveis durante todo o governo FHC, votaram contra tudo o que hoje apludem e dão continuidade.
    Trairam seus ideais e seus seguidores. A carta ao povo brasileiro, logo depois da eleição de 2002, foi um atestado da traição.

  8. com essa carga tributária eles querem conquistar a classe média? Ou são idiotas ou estão se fazendo de idiotas!!!

    Ou invés do Marco Aurélio propor um “esforço intelectual” deveria pensar em um esforço moral e ético!! Mas isso é pedir demais deles!!!

    Eles nõ enganam mais ninguém…!!!!!!!

Comente