Uncategorized

Paraná quer adiar reforma tributária no Congresso

O secretário da Fazenda, Heron Arzua (foto), está entre os 16 secretários estaduais de Fazenda que pediram mais tempo para “aprofundar” a discussão da reforma tributária e apresentar sugestões de mudanças. Todos assinaram uma carta encaminhada para o presidente da comissão especial que discute a proposta, deputado Antonio Palocci, do PT de São Paulo.

Eles não dão prazo, mas solicitam que o substitutivo não seja posto em votação “sem que os problemas apontados sejam equacionados”. Palocci considerou a carta “um documento essencialmente político” e lembrou aos membros da comissão especial que o documento foi lido no plenário da Câmara, antes mesmo de lhe chegar às mãos. “A elegância não é um pré-requisito para uma manifestação política”, ironizou.

4 Comentários

  1. O grão-vizir das finanças da quinta comarca devia pedir, também, o adiamento a reforma tributária local…. assim como o seu chefe o eminente tributarista da província pratica o faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço…

  2. Apareceu esse cara? Tava sumido, …
    Prá criticar a reforma tributária dos outros ele aparece.
    Prá defender a dele, o sujeito escapa, some, escafede, zarpa, pica a mula, …

  3. Falando em elegância, esse sujeito aí usou o peso do seu cargo de ministro para pisar em cima de um caseiro de nome Francenildo.

Comente