Uncategorized

38 pessoas continuam presas pela fraude em Itaperuçu

38 pessoas permanecem presas em Curitiba acusadas de envolvimento no esquema de desvio de dinheiro que envolvia funcionários da prefeitura de Itaperuçu, na Região Metropolitana. A estimativa é de que o golpe de empréstimos consignados a funcionários fantasmas tenha deixado um rombo de mais de R$ 1 milhão ao Paraná Banco.

Ontem, 58 pessoas foram detidas. A maioria “laranjas” que oferecia o nome para a realização dos empréstimos. Os que prestaram depoimento já foram liberados. Mas a principal pergunta ainda não foi respondida pela polícia: aonde foi parar todo o dinheiro desviado?

2 Comentários

  1. Deve ter se transformado em alguns carros usados e uns apartamentinhos kitinete, um milhão com 38 envolvidos não da pra mais que isso!

    espero que o Paraná banco recupere o que é seu da mesma forma que espero que nós recupermos todo o dinheiro publico que é desviado por aí e que ninguém é preso…

  2. Vigilante do prtão Responder

    Fazer um fuzuê desse tamanho, só mesmo quuando há outros interesses.
    No caso a ordem foi do prórpio Requião, pois o Malucelli está nas boas graças do Napoleão do Cangüiri, desde que ganhou a obra da Usina de Mauá, coisinha, assim de U$1 bilhão. Dizem que o Joel vai ser o suplente de Senador na chapa do Requião. Eu duvido, um cara HONNNESSSTTTO como o nosso governador, não iria aceitar o Malucelli na mesma chapa. Logo um grande empreiteiro, dono de Banco; Pensando bem, vou dar uma olhadinha dos editos do “Carta de Puebla” para ver se não fala nada dos “pobres banqueiros”… KKK

Comente