Uncategorized

Secretaria de SC repassa R$ 970 mil a Facinter sem licitação

Deu no blog do Angelo Rigon:

A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação de Santa Catarina, comandada por Dalva de Luca Dias, que integra a direção do PDT estadual, pagou R$ 970 mil, com dispensa de licitação, para que o Instituto de Ciência e Tecnologia Professor Wilson Picler, de Curitiba, realizasse cursos de capacitação profissional em várias cidades daquele Estado. Picler é do PDT paranaense, suplente do deputado federal Barbosa Neto, e comanda o Facinter. O Centro Integrado de Educação, Ciência e Tecnologia S/C, do grupo, foi contratado em 2006 pela prefeitura de Maringá, sem licitação, por mais de R$ 36 mil, para ministrar cursos a servidores municipais. Aqui, Picler é ligado ao secretário Ercílio Santinoni.

9 Comentários

  1. Depois da deliberação da comissão de ética da Câmara dos Deputados, absolvendo o Paulinho, nada mais a comentar.
    Lá foi a ONG da esposa que recebeu o dinheiro e aqui no sul foi o Instituto do “cumpanhero”.

  2. Adivinhe quem é um dos maiores doadores do Barbosa Neto na campanha de Londrina – com mais de R$ 160 mil doados? Um tal Instituto Brasileiro de Pós-graduação e Extensão (IBPEX) – mais conhecida como Facinter….

    Quer que desenhe ou deu prá entender?

  3. Tanto quanto saiba e é público e notório, Santa Catarina não está exatamente em posição de cometer esse tipo de desatino.
    É um estado com problemas de caixa e não tem nem pra socorrer as vítimas das últimas enchentes e avalanches, que de resto estão longe de ter acabado.
    Fui antipático o bastante para recomendar a amigos meus NÃO ajudar desta vez, porque eles tiveram VINTE ANOS para corrigir erros estruturais para prevenir novos desastres e nada fizeram. Pelo contrário, a coisa piorou desde então, com a expansão desordenada pelas encostas de morros.
    Que a tal Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação de Santa Catarina tome semancol, para variar.

  4. Luis Konig-Contenda Reply

    olhem povo, diversas prefeituras fazem o mesmo passando dinheiro público para uma facultade de Campina Grande do Sul, vinculada ao deputado Quielse

  5. Políticos são sempre sacanas mesmos. + já que é pra roubar, e fazer tantas coisas erradas, melhor que façam algo pela educação. Então deixem que passem e repassem… 😉

Comente