Uncategorized

Beto Richa agora enfrenta o rol de exigências do PP

ricardo barros pp
Falta agora acertar a situação do PP. O deputado Ricardo Barros (foto) deixa claro que não aceita um entendimento “meia boca”. Ou seja, quer tudo aquilo que ficou acordado antes da eleição. Pela ordem: duas secretarias para o partido, uma a ser nomeada pelos três deputados federais, outra de nomeação do deputado mais votado em Curitiba, Ney Leprevost. Fica claro que dessas secretarias não faz parte a Antidrogas.

Além das duas secretarias, o PP quer duas administrações regionais. Uma a ser preenchida pelo vereador Juliano Borgheti e a outra pelo vereador Aldemir Manfron. Em terceiro lugar, quer que o prefeito cumpra o compromisso assumido de colocar os dez primeiros suplentes de vereador a trabalhar em cargos do segundo e terceiro escalão da prefeitura.

Em quarto lugar, Ricardo Barros quer, desde já, o apoio explícito e declarado do prefeito Beto Richa à sua candidatura ao senado em 2010.

11 Comentários

  1. vá pro inferno esse ricardo barros junto com o PP… Curitiba precisa de pessoas competentes, independente de onde vier.. seja ou nao do PP… essa merda de favors e acordos políticos envonvendo cargos me dá nojo… se quisessemos bancada do PP na prefeitura teríamos elegido eles… favores políticos..vao pro inferno.. nos eleitores nao sabíamos desses favores antes das eleições… vao pro inferno..bando de cretinos… trabalhem com honestidade… cargos aos 10 vereadores mais votados..ahahahahaha vao trabalhar como um cidadão comum.. e estudem antes de tudo…

  2. Só isso!! Só falto ele pedir para ser o prefeito de Curitiba. O resto pediu de tudo pra quem é líder do PT.

  3. Gulosão. Por bem menos a turma do PPS foi contemplada. Só a desistência do Bueno em se candidatar valheria um caminhão de cargos e nem por isso o Partido do Voto Limpo se arvorou em altos pedidos. Isso é o que dar anunciar ou deixar claro pretensões políticas maiores. Os carinhas do interior se enchem de razão e vem com tudo querendo, se possível, até o lugar do prefeito. São essas posturas que cada vez mais coloca a atividade política em um patamar abaixo das mais comezinhas profissões. Vade retro, sô!

  4. Concordo com o Moderador e com o Zizu. E na butchaca não vai nada!?
    Vai pra casa, Ricardo Barros!!! Quem é vc pra pedir isso tudo sendo líder do PT!!!
    Êta, partidinho que quer morder tudo…

  5. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    EU NÃO VEJO MAL NENHUM NA PARTICIPAÇÃO DE REPRESENTANTES DE PARTIDOS POLITICOS QUE APOIARAM O PREFEITO BETO RICHA, DESDE QUE “SEJAM COMPETENTES PARA O CARGO, HONESTOS COM O DINHEIRO PÚBLICO, PASSADO HONRADO NA VIDA PÚBLICA, SEM DEIXAR QUALQUER DÚVIDA E LEAIS!

  6. Este Ricardo Barros fica e ficava de papagaio de coleira atras do Lerner, Collor, FHC, Lula, Requião, Beto, só acerta com poder.
    Tem pessoas que tem que ter carater e posição partidária, desde passa longe !

  7. …. e ai pessoal , o pau mandado do Juliano Borghetti que vive a sombra e ao sabor dos mandos e desmandos da irmã (Cida Borghetti) e cunhado (Ricardo Barros), cuja competência sempre ficou a desejar , quer obrigar o nosso querido prefeito a lhe entregar de novo a Secretaria de Esporte e Lazer … cuja obsessão lhe é peculiar, resta saber se é para se vangloriar de conseguir de novo o doce como uma criança que quer um pirulito ou para se recuperar de uma péssima administração na Regional Pinheirinho, onde vivia a sombra de sua equipe e colaboradores , sem nada fazer , sem nada saber e de costume sem nada entender !
    …e olha que eu o conheço pessoalmente e muito a fundo….pensem …..rs…pensem …….rs…

Comente