Uncategorized

Oposição na Câmara será minúscula

Ontem, os novos vereadores de Curitiba tomaram posse, mas a mudança de legislatura não significará alterações na correlação de forças na Câmara Municipal. Assim como nos quatro anos anteriores, o prefeito tucano Beto Richa vai governar quase sem oposição.

Contará com o apoio de 29 dos 38 vereadores do município. Mesmo com a redução do PT dentro da Câmara, a oposição continuará com cinco representantes. Agora, serão dois vereadores do PMDB e três do PT.

10 Comentários

  1. Logo, mais que adequada minha proposição de que um parlamento municipal de cabeça baixa, ajoelhado diante do Executivo, entre em recesso por 4 anos, pois da legislatura nada se pode esperar além de vibrantes debates sobre colocação de nomes nas ruas e a quem a Camara oferecerá seus rapapés anuais.
    Povo de Curitiba, esqueçam seus vereadores homologadores.

  2. O equilibrio entre os poderes é fundamental.
    Do contrário podem se vulgarizar favorecimentos em decisões no judiciário em termos processuais ou de mérito, aprovações de leis corporativas ou omissões na fiscalização de abusos.
    Quando a direção do executivo vai bem , não há danos maiores. Entretanto quando a cumplicidade ampara abusos, é um desastre!

  3. Esperamos que com essa investida do Vereador professor Galdino se candidatando à presidente da Câmara Municipal, faça com que outros vereadores se despertam para o exercício da DEMOCRACIA!
    VIVA PROFESSOR!
    VIVA DEMOCRACIA!
    VIVA CURITIBA!

  4. É… pelo menos o Professor Galdino mostrou que qualquer Vereador que não tem o rabo preso, pode e deve se candidatar-se!
    Não ganhou à eleição, porém usou sua oportunidade e direito na candidatura.

  5. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    EU CONHEÇO E SOU AMIGO DO VEREADOR ALGACI TULIO, DESDE SUA PRIMEIRA ELEIÇÃO EM 1982. FOMOS ATÉ ADVERSÁRIOS POLITICOS EM CERTAS OCASIÕES. MAIS RECONHEÇO NELE, NA CONDIÇÃO DE VEREADOR, DE CERTA COERENCIA..SERÁ E É, UM BOM LEGISLADOR EM DEFESA DO POVO. VAMOS AGUARDAR PARA VER AGORA A REALIDADE DO MOMENTO.

  6. Bacana Francisco, estou contigo. Concordo plenamente com teu posicionamento.
    E as verbas destinadas a camara, poderia ter um destino mais nobre, para a saúde, educação e habitação…

    E Clovis, respeito teu posicionamento, mais é utopia ou vc trabalha na camara…rssss.

    A existência da camara só se justificaria se ela atuasse efetivamente o q não acontece.

Comente