Uncategorized

Efeito Orloff, segundo Rogerio Distefano

gerson-guelman-moreira

Do Maxblog:

Impressionante como Roberto Requião imita Jaime Lerner. Tem a obesidade, tem as camisetas pretas – claro que com as ciclópicas diferenças no conteúdo. Se não mostra originalidade, o plágio revela o talento do imitador e sua veneração pelo imitado. Caso da nomeação de Carlos Moreira – ex Reitor Moreira na política – para o governo. Requião copiou Lerner duas vezes: a primeira no cargo de secretário chefe de gabinete; na segunda, pela qualidade do nomeado. Gerson Guelmann foi o primeiro secretário chefe de gabinete, o título em itálico criação de Lerner. Requião nomeia Carlos Moreira também secretário chefe de si mesmo, das secretárias e dos contínuos do governador. Gerson Guelmann e Carlos Moreira, duas pessoas da melhor qualidade. Espero que Moreira imite Guelmann e saia do governo uma pessoa melhor que quando entrou.

11 Comentários

  1. As situações não são semelhantes em hipótese alguma. O simpático e competente Gerson Guelmann era intimo do Lerner e o acompanhava a longos anos, ascendeu à Chefia de Gabinete como solução natural, ja Morreira recebe o encargo não por ter intimidade com REIquião (será que alguem a tem?) mas como premio de consolação do fiasco que sofreu nas urnas.
    Quanto ao preto isso tem explicação sim…todos buscam uma cor para seu futuro e a do Naopeon de Hospicio não poderia ser outra senão a de um uturo negro.

  2. JUSTIÇA...JÁ !!! Responder

    ” HOMEM QUE É HOMEM, NÃO ASSISTE NOVELAS “…
    (Mentira deslavada essa) !!!!!
    Quem não assistiu a novela ” A FAVORITA ” ???.
    Ou pelo menos os últimos capítulos ???
    Pois bem. o Governador Roberto Requião é a cópia fiel da Malvada FLORA que, no fundo, não detestava (ou odiava) a boníssima DONATELA…
    Ela, a Flora, amava a Donatela, tanto é que no final da novela, no Presídio, assumiu o nome daquela que dizia odiar… A Donatela !!!
    Esse, no futuro (não muito distante) será o fim do Governador Roberto Requião.
    Como demonstração desse ” AMOR “, quem sabe também no mesmo local onde a Flora declarou-se, desejará ser chamado de JAIME LERNER.
    O futuro dirá e, quem viver, verá !!!!

  3. Assim como não se pode comparar o Rei Quião com o Grande Lerner, não há comparações do Gerson Guelmann com o picolé de xuxú, que está fazendo papel de tonto.

  4. No caso de Moreira, lhe cabe muito bem esse cargo. Ele vai aprender a gerenciar secretárias e contínuos. Talvez, em outra possível gestão de reitor ele aja com correção moral e gerencial e não deixe a UFPR no lamentável estado em que a situou na lista das melhores instituições de ensino do país, nem tampouco com as ações judiciais que lhe foram legadas.

  5. Para que Moreira possa sair melhor que entrou só mesmo respondendo por tudo o que deu de errado na UFPR ai sim ele poderia mudar, mas como já é de se esperar nada disto ele ira dizer que é sua culpa

  6. Viajou bonito na maionese. O estilo Requião todo mundo conhece que são as camisas azuis de jeans “desbotadíssimos”.
    E prá copiar Jaime Lerner, ele teria que literalmente esquecer a sua retórica inconfundível, seu discurso, sua veemência e porque não digamos até a truculência, como gostam os seus desafetos.
    E todos esses predicados são complemente desconhecidos por Jaime Lerner (não tem discurso, não tem veemência e também truculência)
    E por fim quem tem um amigo do peito chamado Benedito Pires?

  7. O ex-gordo é uma pessoa iluminada. Foi um grande agente público e entusiasta do desenvolvimento do Paraná.

    Quanto ao Moreira, não por acaso, alcançou o posto de reitor de uma das mais importantes e antigas Universidades do Paraná.

    Agora, fazer parte da equipe do Requeijão (o “Interventor no Oriente Médio e Conselheiro do Obama sem convite da posse”) como seu Chefe de Gabinete? Vá entender!

  8. Comparar Requião com Lerner. Sinceramente não dá. Requião é um homem de esquerda, defende os trabalhadores, pequenos empresários, enquanto Lerner sempre chafurdou pela extrema direita. Lerner sempre defendeu o grande capital, os milionários. Só para citar um exemplo: não fosse a ação firme de Requião e, Lerner teria entregado a Copel, não se sabe para quem e, com que excusos interesses. Requião combate com firmeza a corrupção. E o Lerner? um dos governos mais corruptos da História do Paraná. Quantos ex-assessores de Lerner estão respondendo na Justiça, por corrupção?

  9. Resumo da ópera, “dr.”Joaquim:

    O Lerner tem uma visão de planejamento macro, enquanto requião, planos demagogos, populistas, onde de prático nada chega aos seus “pobres”.

  10. “telescópio”, o único plano “macro” do Lerner foi o plano “macro-mão no jarro”

Comente