Uncategorized

Agora em Foz. Rapaz assassinado e menina de 13 anos violentada.

Na madrugada de ontem, casal de jovens foi atacado em Foz do Iguaçu por um homem. O rapaz, de 21 anos, foi morto com um tiro na cabeça e a adolescente de 13 anos que o acompanhava foi violentada, mas conseguiu fugir.

O crime é semelhante ao ocorrido sábado, em Caiobá, na Praia dos Amores, quando um casal também foi atacado por um homem que matou o jovem, violentou e baleou a moça.

Em Foz, o rapaz Thiago Wette saiu de casa na noite de domingo, acompanhado da moça. Segundo a vítima, eles foram abordados por um homem armado, que os levou a um terreno baldio no jardim Petrópolis.

A Polícia de Foz tenta identificar o criminoso a partir de imagens gravadas em um condomínio próximo do local, e também por meio de retrato-falado.

7 Comentários

  1. PENA DE MORTE JÁ!!!!
    PRISÃO PERPÉTUA COM TRABALHO FORÇADO!!!!
    FORA DIREITOS HUMANOS””!!!!
    BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO, ENTERRADO EM PÉ PRA OCUPAR MENOS ESPAÇO!!!!!!

  2. Tem que chamar o emiliano Delazari pra assessorar o próprio irmão ele tem experiência em presídios.RSRSRSRSRS.

  3. PRISÃO PERPETUA MAIS 100 ANOS POR MEDIDA DE SEGURANÇA, DEPOIS TRES BALAS NA CABEÇA DESTE INDIVIDUO QUE NÃO PODEMOS CHAMAR NEM DE ANIMAL PARA NÃO OFENDER O ANIMAL, SE O DE CAIOBA TIVESSE MORRIDO O DE FOZ TALVESD NÃO TIVESSE FEITO.

  4. É preciso urgentemente rever a legislação para estes crimes hediondos, inclusive para incluir a traficância de crack. Está muito solto, comete-se um crime do mesmo tipo aqui e acolá. Há certeza de impunidade ou não descoberta ou de que pouco tempo ficarão na cadeia, se tanto. E o desarmamento, só as pessoas de bem entregaram armas, no mais, elas campeiam, sem que haja um combate rigoroso ao porte. O Paraná está sendo tomado pela criminalidade mais perigosa. Onde está o contigente de policiais compatível com as necessidades da população ? Onde está a “inteligência” para combater o crime nos seus redutos ? Onde está o plano nacional de segurança pública ? Falar de plano estadual nem é preciso, aqui só existem “estatísticas” secretariais, se é que me entendem. Só que nem elas conseguem esconder a calamidade que nos assola.

  5. Ex funcionário Responder

    A única segurança que existe é na granja do Canguiri… Guardas cuidando de muitos cavalos…

Comente